CENPEC Educação: ações para a pandemia

-

CENPEC Educação: ações para a pandemia

O Portal CENPEC Educação lança um especial com materiais educativos e ações institucionais durante a pandemia. Professores, gestores, técnicos, pais e estudantes estão contemplados
Imprimir

A pandemia da Covid-19, doença respiratória causada pelo Sars-CoV-2, tem mudado rotinas e o modo de fazer política. Por um lado, mães, pais, professores, alunos, diretores, técnicos e gestores de educação têm buscado adequar-se à necessidade de distanciamento social enquanto passam mais tempo em casa – muitas vezes, buscando na internet uma aliada.

Por outro lado, Supremo Tribunal Federal (STF), Congresso Nacional e outras instâncias do poder público têm aderido a sessões remotas e até mesmo alterado ritos de análise de matérias legais. Além disso, políticas públicas, como o auxílio emergencial de R$ 600, têm sido aprovadas como resposta à perda de renda e outros aspectos da crise desencadeada pelo coronavírus.

O Portal CENPEC Educação tem acompanhado muitos desses movimentos, sobretudo os que afetam a área da educação pública, e disponibilizado materiais pedagógicos e informativos para auxiliar pais, alunos e profissionais da educação durante a pandemia.

Enquanto instituição, o CENPEC Educação também se tem engajado em uma série de campanhas e ações visando a influir nas políticas públicas e contribuir para que o País passe pela crise da melhor maneira possível. Confira.


Ações institucionais

Respeitando as recomendações das autoridades de saúde, o CENPEC Educação aderiu ao home office e adotou, há cerca de um mês, uma série de medidas visando a diminuir o risco de infecção e contribuir para diminuir a severidade da pandemia de Covid-19. A organização também aderiu às seguintes ações:

  • Renda Básica que Queremos: a campanha que pedia uma renda emergencial para a população de baixa renda mostrou-se bem-sucedida, com a aprovação do auxílio emergencial pelo Congresso Nacional. Além de dezenas de organizações e movimentos, o CENPEC Educação uniu-se a cidadãos que aderiram ao abaixo-assinado para esse fim.
  • Alinhamento à ciência contra o coronavírus: a nota pública publicada em 25/03 pelo Pacto pela Democracia contou com a adesão do CENPEC Educação. O texto criticou o posicionamento equivocado da Presidência da República e defendeu o alinhamento das políticas públicas às descobertas científicas sobre a doença.
Ensino a distância e Anna Helena Altenfelder
Anna Helena Altenfelder falou sobre educação a distância à Veja São Paulo.
  • Apoio à gestão educacional e escolar: reportagem publicada também no dia 25/03 trouxe informes sobre a situação das redes públicas de ensino municipais e estaduais e onde gestores, profissionais de educação e famílias podiam manter-se atualizados. Entrevista da presidente do Conselho de Administração do CENPEC Educação, Anna Helena Altenfelder, à Veja São Paulo, segue direção semelhante, agora com dicas e aconselhamentos sobre infraestrutura e práticas pedagógicas.
Pesquisa CENPEC Educação e Eu Ensino.
  • Pesquisa com educadores: o CENPEC Educação, em parceria com a instituição Eu Ensino, iniciou uma pesquisa com educadores desafiados a trabalhem a distância durante a pandemia (clique na imagem ao lado). A proposta é reunir insumos que levem à elaboração de soluções para a área de educação no contexto atual. Participe.
  • Fundeb em foco: com apoio do CENPEC Educação, a Frente Parlamentar Mista da Educação publicou, no início de abril, uma nota oficial alertando para que a pandemia de Covid-19 não interfira na aprovação e renovação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), maior responsável pelo financiamento da educação pública no País.
  • Fiscalização às ações poder público e defesa da democracia: como membro atuante da sociedade civil organizada, o CENPEC Educação tem-se mantido atento a movimentos políticos que, em períodos de crise como o que atravessamos, podem representar perda de direitos ou atentados à democracia. Duas ações nesse sentido são a assinatura do Alerta Público divulgado pela Plataforma Brasileira de Direitos Humanos – Dhesca Brasil, sobre riscos na “PEC do Orçamento de Guerra”; e a adesão à carta aberta do Pacto pela Democracia que solicita ao Congresso e ao STF que garantam a participação da sociedade civil nos processos legislativos do País.

Cursos gratuitos e on-line

O Portal CENPEC Educação e os projetos que têm a instituição como parceira trazem opções de formação gratuitas e a distância para educadores, técnicos, gestores e professores.

Imagem do Curso Aprender por Projetos.
Curso Aprender por Projetos.

Aprender por Projetos, realizado no âmbito do Prêmio Respostas para o Amanhã, apresenta a metodologia do trabalho por projetos, especialmente voltada a professores das áreas de ciências da natureza e matemática e suas tecnologias.

Busca Ativa Escolar (Municípios) é voltado a gestores e técnicos de Educação municipais e, ligado à metodologia social da Busca Ativa Escolar, tem como foco a elaboração de estratégias para reduzir a evasão e a exclusão escolar.

Saiba mais sobre os dois cursos e como se inscrever

O Programa Escrevendo o Futuro, responsável pela Olimpíada de Língua Portuguesa, tem oferecido cursos on-line, percursos formativos, artigos, contos e outros conteúdos voltados a professores interessados na melhoria do ensino de leitura e escrita. As vagas são, muitas vezes, limitadas.

Confira a notícia sobre as formações do Escrevendo o Futuro

Leia sobre a abertura de inscrições dos cursos Leitura vai, escrita vem e Nas tramas do texto


Conteúdos pedagógicos

Com as medidas de distanciamento social anunciadas por governadores e prefeitos em todo o Brasil , muitas pessoas têm buscado maneiras de se manter produtivas e explorar momentos de lazer e de atividades culturais em família. O Portal CENPEC Educação também oferece uma série de conteúdos nesse sentido, disponibilizados a seguir. Alguns materiais estão disponíveis no próprio Portal e outros em plataformas externas gratuitas.

Educação física e ludicidade

Nas últimas semanas, temos publicado materiais especificamente indicados a auxiliar pais, mães e responsáveis a realizar atividades lúdicas e físicas com crianças e adolescentes em casa. Os conteúdos também podem ser aproveitados por professores nas aulas a distância.

Atividades físicas para crianças e adolescentes na quarentena
Dança, yôga, capoeira e brincadeiras podem ser realizadas com crianças e adolescentes em casa.
  • Brincadeiras educativas: além de entrevista com professor de educação física, este especial traz uma série de vídeos com brincadeiras que podem ser trabalhadas dos três aos oito anos de idade. Há também um guia gratuito, com uma série de atividades caseiras.
  • Dança, yôga, capoeira: a reportagem publicada no último dia 03/04 traz dicas do game Just Dance e de aulas de yôga e capoeira no YouTube para adultos estimularem crianças e adolescentes a manterem as atividades físicas em dia mesmo em casa – e o que é melhor: podem praticar junto!

Cultura e ciência

Museus do Vaticano e Capela Sistina. Foto: Michal Osmenda/Wikimedia Commons.
Museus do Vaticano e Capela Sistina. Foto: Michal Osmenda/Wikimedia Commons.
  • Museus virtuais: Treze museus e duas plataformas com obras artísticas e históricas de todo o mundo podem ser excelentes opções de passeios culturais sem sair de casa.
  • Ensino de ciências: que tal se aprofundar na abordagem STEM (sigla em inglês para sciencetechnologyengineeringand mathematics) e ainda conhecer canais científicos com excelentes conteúdos? A reportagem traz essas e outras dicas, inclusive de materiais para entender os detalhes da pandemia.

Filmes, documentários e animações

Hair Love, imagem da animação.
Hair Love. Imagem: Reprodução.
  • Hair Love: a animação que concorreu ao Oscar 2020 foi uma das únicas a contar com pessoas negras na produção e elenco e, liberada gratuitamente em dezembro/2019, traz uma interessante mensagem sobre beleza e representatividade afro.
  • Meninos de Palavra: o documentário, ligado ao projeto Educação com Arte: Oficinas Culturais, aborda ações de letramento e oficinas de arte desenvolvidas com adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa na Fundação CASA, em São Paulo.
  • Morte e Vida Severina em desenho animado: a obra-prima de João Cabral de Melo Neto ganhou uma versão audiovisual produzida pela TV Escola em parceria com a Fundação Joaquim Nabuco. Os desenhos são baseados nos quadrinhos do chargista Miguel Falcão.
  • 10 filmes para falar sobre educação: a reportagem traz uma série de indicações de filmes e animações que podem contribuir para temas importantes na educação em nosso País: inclusão, juventude, diversidade cultural e brasilidade, entre outros. Alguns são gratuitos e outros podem ser vistos em plataformas como YouTube ou Netflix. Pro Dia Nascer Feliz, Estrelas Além do Tempo e Hoje Eu Quero Voltar Sozinho estão na lista.

Livros em PDF e e-books

Imagem de O Rapto da Vaca Sagrada.
Imagem: Reprodução.
  • Artes do Festejar e Brincar: o caderno nº 6 da Coleção Amigos da Escola: a Arte é de Todos conta o que é folguedo, festa e brincadeira e permite ao leitor ampliar conhecimentos sobre manifestações folclóricas tipicamente brasileiras.
  • Caderno de Saberes, Fazeres e Atividades: Modos de Brincar: produzido pelo projeto A Cor da Cultura, o Caderno é composto por artigos de autoras especializadas em cultura e história afro-brasileira e pode ser um importante material complementar para professores interessados nessa temática.
  • E-book da Olimpíada de Língua Portuguesa O lugar onde vivo: que tal se inspirar e dividir com os alunos os 135 textos produzidos pelos finalistas da 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa, realizada em 2019? O material pode ser um excelente aliado para professores de língua portuguesa e redação.
  • Guias COVID-19: Educação e Proteção de Crianças e Adolescentes: produzidos pela Campanha Nacional pelo Direito à Educação, os dois volumes dos Guias COVID-19 trazem informações preciosas de como gestores, técnicos, professores e famílias podem enfrentar os desafios da educação no período de pandemia. Incluem indicações de sites confiáveis complementares.
  • Guia Prático para Gestores Educacionais: a obra, parceria entre o CENPEC Educação e CIEB, é destinada a gestores e profissionais das redes de ensino municipais e estaduais interessados em planos de formação de professores para uso pedagógico das tecnologias digitais da informação e comunicação (TICs). Enquanto não se sabe por qual período durarão as medidas de distanciamento social, pode ser uma ferramenta para aprimorar os planos de educação a distância que precisaram ser implementados com urgência devido à pandemia de Covid-19.
  • O Rapto da Vaca Sagrada: com atividades destinadas aos estudantes em alfabetização, o e-book, disponível para Android e iOS, convida crianças a trabalharem troca e sonoridade de consoantes de maneira lúdica.

Oficinas

As oficinas pedagógicas foram desenhadas especialmente para professores e educadores no contexto escolar – mas podem ser adaptadas por pais e responsáveis em casa.

Leiam o passo a passo de cada uma e façam as adaptações necessárias para executá-las no ambiente doméstico. A indicação de uma projeção, por exemplo, pode ser substituída por uma exibição no computador.

Não se esqueça também de ler o porquê de se fazer a oficina, pois cada uma tem uma finalidade pedagógica.

Meme de Paulo Freire.
  • Construindo esculturas com lixo: as crianças têm feito muita bagunça em casa? Que tal aproveitar o lixo produzido e reaproveitável e materiais considerados “sucata” para criar esculturas? A oficina ensina o passo a passo.
  • Jogando e percorrendo histórias: com poucos materiais, como papelão, tesoura, sulfite e cartolina, é possível ajudar crianças na apropriação da leitura e escrita com a confecção de jogos interativos de percurso com base em narrativas.
  • Memes e recriação de sentidos: os memes não dão descanso mesmo durante a pandemia – mas essa nova linguagem, cada vez mais popular nas redes sociais, pode ser usada para passar informações contextualizadas e críticas com fundamento. Saiba como estimular isso com essa oficina.
  • Produzindo uma playlist comentada: com o uso de um computador, celular, tablet e um programa de edição de áudio, a oficina ensina a fazer uma sequência de músicas com comentários similares a um programa de rádio.

Games

O Ataque das Letras Zumbis. Imagem: Reprodução.
O Ataque das Letras Zumbis. Imagem: Reprodução.
  • O Ataque das Letras Zumbis: ajudar na alfabetização e letramento de maneira divertida é o propósito desse game on-line, no qual é preciso que as palavras sejam escritas corretamente para que o casal de namorados não seja atacado por terríveis letras zumbis.
  • Pontos de Vista: o game, disponível para Android e iOS, permite treinar aspectos linguísticos e argumentação em temas como padrões de beleza, bullying, política e fake news. Adequado ao momento, não?
  • Refresca a Cuca: estimular o raciocínio lógico e matemático é a proposta desse game on-line. O jogo desafia meninas e meninos a realizarem operações matemáticas e escolherem uma das maneiras de chegar ao objetivo: um dos portos que levam a ilhas – cada uma exigindo uma estratégia diferente.

Em breve, confira novas atualizações.


Veja também

 Leia todas as reportagens sobre a Covid-19 no Portal CENPEC Educação.