Ensino de ciências: dicas de conteúdos e ferramentas na rede

-

Ensino de ciências: dicas de conteúdos e ferramentas na rede

Confira a seleção de dicas sobre ferramentas e conteúdos de ciências disponíveis em plataformas gratuitas na internet.
Imprimir

Neste período de distanciamento social e de suspensão das aulas ou antecipação de férias – medidas adotadas para conter a  pandemia da Covid-19 –, secretarias, escolas, professores, estudantes e suas famílias têm buscado alternativas para dar continuidade aos processos de ensino e aprendizagem.

Para isso, muitos têm feito da internet uma aliada para adaptar as experiências pedagógicas realizadas presencialmente a ambientes virtuais, construindo maneiras interessantes, criativas e significativas de manter a interação com as turmas e estimular a participação e o interesse de todos nas atividades.

O Portal CENPEC Educação oferece uma série de conteúdos nesse sentido, que estão sendo atualizados ao longo do período de distanciamento social. A seguir, apresentamos dicas de materiais e ferramentas voltadas ao ensino e à aprendizagem de ciências da natureza. Todos disponíveis gratuitamente na internet. Confira!


Infográfico STEM. RPA/acervo CENPEC

Infográfico STEM: este material interativo elaborado pela equipe do Prêmio Respostas para o Amanhã (Samsung/CENPEC Educação) traz dicas de como desenvolver ensino por projetos articulando conhecimentos de ciências e matemática com base nas tecnologias. A abordagem metodológica em que esse infográfico se baseia é o STEM (em inglês, science, technology, engineering, and mathematics), uma maneira inovadora de propor a investigação científica com foco na resolução de problemas reais.

Conheça.

Foto de abertura dos vídeos. Reprodução/Futura
Foto de abertura dos vídeos. Reprodução/Futura.

Ciências para Todos (Futura Play): série documental que visa a comunicar ao grande público como importantes pesquisas financiadas pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) impactam diretamente a sociedade. Essa pode ser uma boa fonte para desenvolver pesquisas científicas com estudantes no final do ensino fundamental e médio.

Entre os temas focados nos episódios de cerca de 15 minutos, estão: questões de saúde (zika, genética e câncer, venenos e resposta imunológica, impactos da poluição na saúde); meio ambiente, agricultura e pecuária (manejo de pragas, bioetanol e sustentabilidade, manejo de pastagens; mudanças climáticas); biologia (estudo sobre anfíbios e répteis, florestas tropicais), entre outros.

Acesse.


Ciência Todo Dia: canal no YouTube e página no Facebook que trata de temáticas relacionadas a ciência, história, tecnologia e natureza. Supernovas, antimatéria, viagem à Lua, computadores quânticos e funcionamento de ímãs são alguns dos assuntos tratados.

Assista a seguir ao vídeo Covid-19: o quão perigoso é o coronavírus, que explica o que é o vírus e como ele se prolifera, além de esclarecimentos sobre a atual pandemia.

Navegue.


NatGeo Lab: o programa propõe-se a ser um laboratório de ciência caseira, com experiências simples e seguras que os estudantes de anos iniciais e finais do ensino fundamental podem realizar na escola ou em casa. Nos vídeos, a apresentadora Paula Stephânia ensina como fazer um forno ecológico portátil, criar um carro de corridas impulsionado por elásticos, fazer uma lâmpada caseira, entre outros experimentos divertidos e educativos. Nesse momento, o programa participa da playlist #SeparadosMasJuntos.

Conheça.


 nuvem de álcool dentro da garrafa
Nuvem de álcool na garrafa . Foto: Reprodução.

Hey Ciência: página no Facebook e Instagram em que alunos do ensino fundamental II da Emef Maria Guilhermina de Castro, em Cariacica (ES), apresentam vídeos com experimentos envolvendo ciências naturais. Em um dos vídeos, os estudantes apresentam a experiência de fazer uma nuvem de álcool dentro da garrafa. Assista até o final para entender o fenômeno.

Acesse.


Reprodução/Tio de ciências
Reprodução/O tio de ciências.

O tio de ciências: químico e professor de ciências no ensino fundamental em uma escola municipal em Petrolina (PE), Bruno Alexandre criou uma conta no Instagram para falar sobre o ensino de ciências naturais, apresentando os estudantes como protagonistas.

Em Laboratório invertido, inspirado no conceito “sala de aula invertida”, o professor traz reflexões interessantes sobre o desafio de dar aulas de ciência experimental on-line. O educador dá dicas práticas e compartilha experiências simples que podem ser realizadas em casa. O post “O laboratório dentro do computadoor” traz orientações bem claras sobre o uso de simuladores associados a aplicativos como zoom e hangouts para aulas experimentais on-line.

Confira.


Revolução dos planetas do sistema solar. Reprodução/ 
Simulator 3D
Revolução dos planetas do sistema solar. Reprodução/
Simulator 3D .

Simulator 3D: Astronoo: esse site permite ver a revolução dos planetas de todos os ângulos e alinhamentos. Inicialmente, ele está “acima” do sistema solar (visão a partir do polo norte celeste) e a velocidade é definida em 10 dias por segundo.

Usando os botões dispostos na tela, é possível aumentar ou diminuir a velocidade, dar zoom na imagem e mudar o posicionamento das órbitas. O site traz ainda informações sobre rotação da terra, inclinação dos planetas, constelações e outros tópicos sobre astronomia.

Navegue.


Ciência em Show: canal no YouTube com orientações de experimentos e investigações simples (como plantar uma árvore, quantas calorias você ingere por dia, como acender um fósforo molhado) além de apresentar de forma didática conceitos e fenômenos como energia, pressão, ciclo da água mostrando eles se manifestam em nosso dia a dia.

No blog Ciência em Show, é possível encontrar artigos sobre temas da atualidade, como a pandemia causada pelo coronavírus. O vídeo a seguir explica como construir um experimento para observar o Sol.

Acesse o canal.


Educação maker. Foto: Jarbas Oliveira/Porvir
Educação maker. Foto: Jarbas Oliveira/Porvir.

Educação mão na massa (maker): pensar em novas formas de educar tem sido pauta recorrente no cenário educacional, hoje mais do que nunca. Em reportagem, o Portal Porvir apresenta experiências de educação maker, uma proposta que coloca os estudantes e a imaginação, experimentação e construção como fundamentais no ensino e na aprendizagem.

Leia mais.


Manual do Mundo: nesse canal (o maior  do mundo de ciência e tecnologia em língua portuguesa, segundo o Guinness Book), é possível assistir a vídeos com experiências, curiosidades científicas, dicas de sobrevivência, explicação sobre a composição e o funcionamento de objetos do cotidiano e outros conteúdos científicos apresentados de forma divertida e interessante.

Os vídeos da playlist “Manual Maker” ensinam a criar projetos com impressora 3D, construir circuitos elétricos e outros. Assista a como fazer fogo com água (experimentos de física):

Confira.

Célula 3D/reprodução
Célula 3D/reprodução

Célula em 3D: nessa animação, voltada ao ensino de biologia, é possível explorar e navegar pelos componentes da célula e conhecer suas funções, visualizando as organelas (mitocôndrias, centríolo, Complexo de Golgi, núcleo, ribossomos etc.). Por meio do mouse ou touchpad (tela sensível ao toque) é possível girar a célula em todos os ângulo e dar zoom em qualquer região celular. A animação permite girar a célula em todos os ângulo e dar zoom em qualquer região celular com o uso do mouse ou touchpad

Navegue.


Cruzadinha do Coronavírus. Reprodução/Jogos da escola
Cruzadinha do Coronavírus/Jogos da escola

Jogos da escola: caça-palavras, labirinto, memória, palavras cruzadas, entre outras, aliam informações de ciências a atividades voltadas a estudantes em fase de alfabetização e anos seguintes do ensino fundamental.

Em tempos de pandemia, a Cruzadinha e o Jogo de Memória do Coronavírus trazem informações importantes sobre a Covid-19 e como evitar a contaminação, além de contribuir na alfabetização.

Acesse.


Em Casa das Ciências, é possível encontrar mais de 2 mil recursos educativos digitais nas categorias de Introdução às Ciências, Biologia, Física, Geologia, Matemática e Química. Os recursos disponíveis foram sujeitos a avaliação científica e didática, para ser utilizado com segurança pelos professores nas aulas. Além disso, os docentes podem submeter seus recursos educativos para publicação no site, compartilhando suas experiências com outros professores.

Explore.


Veja também

Especial CENPEC Educação: oficinas, livros, games, vídeos: materiais educativos para todos

Ciência se faz na escola: a abordagem STEM na metodologia de projetos em ciências e matemática

Clube Porvir oferece trilha aberta para apoiar professores durante pandemia do coronavírus

Aprendendo sempre: Como promover educação em tempos de coronavírus