Hair Love: ame seu cabelo

-

Hair Love: ame seu cabelo

Vencedor do Oscar 2020, curta de animação trata da beleza do cabelo afro
Imprimir

A divulgação dos indicados ao Oscar 2020 levantou o debate sobre a importância da representatividade na premiação. Críticos apontaram que, como acontece em quase todas as edições, a maioria dos candidatos é de etnia branca e do gênero masculino.

Mas, neste ano, o filme Hair Love (“Ame seu cabelo”), indicado a melhor curta-metragem de animação e vencedor do prêmio na categoria, rompeu esse enredo. Ele é uma das únicas produções que conta com pessoas negras no elenco e na equipe de criação – entre elas, a atriz, escritora e produtora Issa Rae, autora da série Insecure (HBO), que mostra os desafios atuais de uma mulher negra.

Lançado on-line em dezembro de 2019 pela Sony Pictures Animation, o curta mostra o cotidiano de uma família negra e a missão do pai em pentear os cabelos crespos da filha, a pequena Zuri.

Ao longo de quase 6 minutos, a animação envolve o espectador em um enredo cheio de poesia, humor, imaginação e humanidade. Além da beleza e representatividade afro, os fios dos cabelos tecem, em uma abordagem sensível, temas como a relação pai e filha, a ausência e o adoecimento da mãe. Assista na íntegra.

Hair Love: animação indicada ao Oscar 2020.

Representatividade e repercussão

Desde seu lançamento, a animação já teve quase 23 milhões de visualizações no YouTube e cerca de 5,7 milhões no Twitter.

O cineasta, escritor e produtor Matthew A. Cherry, um dos diretores do curta, conta que, para compôr o enredo, se inspirou em diversos vídeos que mostram pais tentando pentear os cabelos afro das filhas. Em entrevista ao The New York Times, o escritor comentou:

Matthew A. Cherry
Foto: Matthew Cherry/Instagram

Tenho muitos amigos que são pais jovens. Queria ver uma família jovem e negra em um filme de animação. Os pais negros são submetidos aos piores estereótipos e as pessoas que eu conheço estão muito envolvidas na vida dos filhos.”

Matthew A. Cherry

O enredo do curta-metragem foi adaptado para um livro infantil. “Quando as coisas se acalmarem, começaremos a pensar em como continuar a história”, conta Cherry.

Hair Love (curta-metragem de animação). Estados Unidos, 2019 (6 min.). Direção: Matthew A. Cherry, Everett Downing Jr. e Bruce W. Smith. Produção: Karen Rupert Toliver.


Veja também

História e cultura afro-brasileiras na escola

Conceição Evaristo: escrevivências em verso e prosa

Rosana Paulino: a arte da representatividade étnico-racial

Publicação: A Cor da Cultura