Videodicas: Brincadeiras e diversão para ajudar na alfabetização

-

Videodicas: Brincadeiras e diversão para ajudar na alfabetização

No último vídeo da série Letra Viva Alfabetiza na Pandemia, entenda como a cultura popular brasileira e as brincadeiras são valiosas no processo de alfabetização
Imprimir

Por Stephanie Kim Abe

“Um, dois, feijão com arroz / Três, quatro, feijão no prato” é um dos versos rimados mais conhecidos pela população brasileira. Faz parte da nossa cultura popular, assim como tantas outras parlendas e brincadeiras rimadas, como as de pular corda.

O que muitas vezes as famílias não se dão conta é o quanto elas são potentes para o desenvolvimento das crianças em processo de alfabetização. É sobre a importância de trazer o lúdico e a cultura popular brasileira para os momentos em família que trata o sétimo e último vídeo do projeto Letra Viva Alfabetiza na Pandemia.

A dica, para os(as) professores(as), é justamente pensar como eles(as) podem ajudar as famílias a tomarem consciência dessa riqueza, para que entendam como podem contribuir, a partir do momento do brincar ou da leitura em família, com o desenvolvimento das crianças.

Imagem de Maria Alice Junqueira, coordenadora de projetos do CENPEC Educação.

É muito importante que, enquanto professor, a gente faça o levantamento dessas brincadeiras, porque com certeza elas têm que entrar porta adentro das famílias. Quando as famílias descobrem que elas sabem, porque já brincaram daquilo, porque sabem como brincar com os filhos, e que aquilo é importante para o processo de alfabetização dos filhos, eu acredito que isso deve ser um alívio muito grande

Maria Alice Junqueira, coordenadora de projetos do CENPEC Educação

Brincar com rimas

O vídeo começa resgatando mais uma vez a sessão de leitura gravada de uma família, que serviu de apoio para os vídeos V e VI da série. Nela, vemos o pai conversando com a filha de dois anos e o filho de seis anos sobre as rimas da obra “Grande Pequeno”, de Blandina Franco e ilustrada por José Carlos Lollo.

Nesse momento, que ocorre após a leitura da obra toda, vemos como cada criança presta atenção em diferentes aspectos das rimas, dado que estão em fases diferentes de desenvolvimento: a filha ri da graça, se prende ao sinestésico; o filho, mais velho, já volta-se para os sons do final das palavras e também ao sentido das rimas.

Maria Alice chama atenção para a importância desse entendimento, em que a criança, de forma lúdica, leve e divertida, consegue separar o fonema “eia” e superar o que chama de “realismo nominal”:

“Veja como o momento familiar, gostoso, lúdico proporciona uma coisa que é fundamental para o processo de alfabetização. O pai faz isso intuitivamente, não sei se tem consciência disso – não precisa ter. Mas só o fato de brincar com as rimas já proporciona para as crianças aquilo que vimos no ano passado, no curso de consciência fonológica, que é o quanto é importante a criança se desgrudar do objeto em si para prestar atenção nos sons, porque afinal de contas a escrita representa o som da fala, e não o objeto”, explica Maria Alice, no vídeo.

Assista o vídeo na íntegra abaixo:

Letra Viva Alfabetiza na Pandemia – Vídeo 7: Ler em casa: o livro além das letras

Confira mais dicas sobre brincadeiras com cantigas populares para a alfabetização


Série Letra Viva Alfabetiza na Pandemia

Com um total de sete vídeos, essa série trouxe dicas para educadores(as) enfrentarem desafios comuns na pandemia. Ela deriva das formações assíncronas realizadas com professores(as) e coordenadores(as) pedagógicos(as) no âmbito do Projeto Letra Viva Alfabetiza, em cinco municípios da região do Vale do Ribeira (SP): Apiaí, Barra do Chapéu, Itaoca, Itapirapuã Paulista e Ribeira.


Veja toda a série Letra Viva Alfabetiza na Pandemia:

Veja aqui o primeiro vídeo da série, que trata sobre a importância do acolhimento

Veja aqui o segundo vídeo da série, que fala sobre os papeis distintos entre casa e família

Veja aqui o terceiro vídeo da série, que fala sobre a importância de organizar uma rotina de estudos em casa

Veja aqui o quarto vídeo da série, que traz dicas para as famílias ajudarem as crianças nas atividades remotas

Veja aqui o quinto vídeo da série, que dá dicas sobre os primeiros passos para a leitura em casa com a família e as crianças

Veja aqui o sexto vídeo da série, que dá dicas sobre o momento da leitura em casa e a importância dele para estreitar vínculos familiares


Veja também