Cenpec foca em desigualdades educacionais

-

Cenpec foca em desigualdades educacionais

Nossa organização aprimora o foco na educação pública de qualidade para todos(as), por meio de reflexões e tecnologias para enfrentamento das desigualdades educacionais
Imprimir

Sonhar, projetar e construir equidade e qualidade educacional para crianças, adolescentes e jovens.

Esse é o propósito do Cenpec, organização da sociedade civil sem fins lucrativos que acumula mais de 30 anos de história e lutas pelo direito à educação pública de qualidade para todos e todas. 

Para que esse direito se torne realidade no Brasil, um dos principais obstáculos a serem enfrentados são as desigualdades educacionais. Como explica Anna Helena Altenfelder, presidente do Conselho de Administração do Cenpec:

Anna Helena Altenfelder
Foto: reprodução

É preciso reconhecer que há mecanismos de produção e reprodução das desigualdades educacionais dentro da escola, como o acesso, a reprovação, a distorção idade-série, o não aprender e a evasão. Esses mecanismos têm marcadores muito claros de sexo, de cor e raça, de nível socioeconômico e de região geográfica. Quando a gente acredita que todos(as) têm o direito e todos(as) podem aprender, nós não podemos naturalizar e aceitar que esses marcadores tão claros determinem o acesso e a trajetória escolar de crianças, adolescentes e jovens de todo o país.”

Anna Helena Altenfelder

É de olho nesse cenário que o Cenpec lança, no dia 16 de setembro, o Painel de desigualdades educacionais no Brasil. Produzido pela própria organização, o Painel apresentará uma série de dados e análises sobre a educação básica, incluindo resultados sobre os contextos de desigualdades vivenciados por estudantes, escolas e territórios do país, além de informações sobre ações e políticas públicas que ajudam a enfrentar essas questões. 

Anna Helena afirma:

O enfrentamento das desigualdades para a construção de uma educação de qualidade e equidade está no nosso DNA. Ao longo dos anos, a atuação em territórios mais vulneráveis de todo o país foi aprofundando o nosso olhar para essas questões, tanto em termos teóricos quanto práticos. Essa é uma marca do Cenpec.”

Anna Helena Altenfelder

Para Alexsandro Santos, diretor-presidente da Escola do Parlamento da Câmara Municipal de São Paulo e membro do Conselho de Administração do Cenpec, dada a atual situação da educação básica no Brasil, conhecer com profundidade e debater o tema é urgente:

Foto: reprodução

A pandemia fez com que a gente enxergasse com mais crueza e dramaticidade o peso das desigualdades estruturais na oferta do direito à educação. Se antes a gente já tinha compromisso com o enfrentamento das desigualdades educacionais por causa de uma dívida histórica acumulada, agora enfrentá-las ficou mais urgente e incontornável, porque a gente pode estar perdendo duas gerações de brasileiros e brasileiras por causa do peso acentuado das desigualdades na pandemia.”

Alexsandro Santos

Desigualdades educacionais em foco: dia 16/09, às 14h

O Painel de desigualdades educacionais no Brasil será apresentado durante o evento on-line Desigualdades educacionais em foco, promovido pelo Cenpec. 

Na ocasião, haverá um debate com a participação do ex-ministro da Educação e atual presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Renato Janine Ribeiro, e da professora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFGRS), especialista em educação e relações étnico-raciais Petronilha B. Gonçalves Silva, além de depoimentos em vídeo de representantes de entidades educacionais, como a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES), a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), entre outros.

Saiba mais e inscreva-se gratuitamente


Como atuamos

Para combater as desigualdades educacionais, o Cenpec produz conhecimento e desenvolve tecnologias educacionais com diferentes estratégias, como estudos, pesquisas sobre o cenário educativo e metodologias inovadoras. Nesse caminho, estamos sempre em diálogo com pares – educadores(as), gestores(as), famílias, estudantes, redes de ensino, OSCs, poder público e outras instituições da sociedade civil – e variados contextos.

Além disso, avaliamos e monitoramos programas, projetos e políticas públicas, e realizamos pesquisas científicas aplicadas. Também utilizamos prêmios como estratégia de formação de educadores(as) e mobilização de redes – como Respostas para o Amanhã e Olimpíada de Língua Portuguesa -, e desenvolvemos formação sistêmica de gestores(as) e docentes para fortalecimento das redes. Atuamos na ampliação e diversificação do letramento, na transferência de tecnologia para as redes de ensino, e participamos do debate sobre o cenário da educação, nos posicionando sobre políticas públicas e traduzindo conceitos em aplicações práticas.

Conheça mais o Cenpec

O Cenpec sempre atuou na perspectiva da educação integral. Isso significa que buscamos o desenvolvimento do sujeito em todas as suas dimensões – social, cultural, cognitiva, afetiva, motora -, por meio de uma articulação com o território e de um trabalho colaborativo. Levamos em conta as potencialidades e necessidades da comunidade em questão, em parceria com educadores, gestores, poder público, sociedade civil e iniciativa privada. Buscamos sempre articular a teoria e a prática, no intuito de fortalecer o território das escolas e os demais espaços educativos.”

Anna Helena Altenfelder

Alexsandro Santos ressalta ainda o trabalho da organização na incidência de políticas públicas, desde 1987, ano em que Cenpec foi fundado, em plena redemocratização:

Em seus mais de 30 anos, o Cenpec ajudou a construir uma série de políticas educacionais, sempre em diálogo com a sociedade e se posicionando ao lado das escolas públicas e das pessoas que mais precisam. Ele tem uma importância enorme como guardião dessa memória de lutas da história da educação pública de qualidade no Brasil, e por isso o Cenpec é uma instituição tão relevante.” 

Alexsandro Santos

Para explicar de forma prática como a organização tem aprimorado o seu foco de atuação para o enfrentamento das desigualdades e construção da equidade na educação, produzimos esta animação:

Em breve, versão com acessibilidade.

Veja também