Professores(as) que ensinam matemática: formação, saberes e trabalho docente

-

Professores(as) que ensinam matemática: formação, saberes e trabalho docente

Investigação analisa perfil de professores de matemática a fim de mapear demandas formativas para a melhoria da educação básica
Imprimir

Quais são as demandas formativas de professores(as) que ensinam matemática nos níveis fundamental e médio? Essa foi a pergunta motriz da pesquisa desenvolvida em 2018 pela Diretoria de Pesquisa e Avaliação do Cenpec, em parceria com a Fundação Itaú Social.

A investigação teve como objetivo contribuir para os processos de formação desses(as) docentes e surgiu de uma solicitação da Fundação Itaú Social (FIS), que se traduziu em duas vertentes:

  • O interesse no Programa OBMEP na Escola, uma ação de formação de professores de matemática desenvolvida pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa) no âmbito da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). Esse interesse foi motivado pelo número expressivo de professores(as) reprovados na seleção dessa ação formativa, o que pode sugerir grandes lacunas em sua formação.
  • A intenção de reunir subsídios para o planejamento de programas de formação capazes de impactar políticas públicas, promovendo a melhoria da qualidade do ensino da matemática no Brasil.

Acesse o relatório de pesquisa na íntegra


Desenho da pesquisa

O estudo foi desenvolvido por meio de três movimentos de análise:

  1. Caracterização inicial do perfil dos professores que ensinam matemática com base na análise de dados do Censo Escolar, questionários contextuais da Prova Brasil/ Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e da Pesquisa Talis, da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).
  2. Análise de documentos oficiais para a apreensão das demandas formativas que podem ser inferidas do exame de programas de formação, com destaque para o Programa Obmep, da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e das matrizes de referência da Prova Brasil/Saeb.
  3. Relação entre os resultados das análises anteriores, tendo em vista três perguntas:
    • Tendo em vista o perfil dos(das) professores(as) e das demandas formativas atuais, quais são as necessidades de formação desses(as) docentes?
    • Que recomendações podem ser feitas para o aprimoramento dessa formação?
    • Como apreender as necessidades dos(das) docentes por meio de investigação posterior?

Este relatório é um produto da pesquisa Professores que ensinam matemática: formação, saberes e trabalho docente
Período de realização: 2018 a 2019
Parceira: Fundação Itaú Social


Veja também