#ProfessorEmPauta: você falou, nós ouvimos

-

#ProfessorEmPauta: você falou, nós ouvimos

Confira os resultados da campanha que mobilizou o Portal CENPEC Educação durante o mês de outubro
Imprimir

De 14 a 31 de outubro, o Portal CENPEC Educação realizou a campanha #ProfessorEmPauta, tanto aqui, no site, quanto nas redes sociais.

A campanha aconteceu em três frentes:

  • Mobilização nas redes sociais, com as hashtags #ProfessorEmPauta e #PortalCENPEC;
  • Conteúdos especiais voltados aos professores;
  • Pesquisa, com a proposta de dar voz aos professores. Via formulário, educadoras e educadores deram informações sobre faixa etária, local de trabalho, cursos que gostariam de fazer e sugestões de temas para abordamos no Portal.

Confira agora os resultados.

Trabalho e formação

A pesquisa foi acessada por 3.795 pessoas, das quais 3.791 preencheram o formulário. Desse total, 3.652 – correspondentes a 96% – eram professoras e professores e tiveram suas respostas computadas.

Gráfico em pizza mostrando percentuais de quem era professor e não era professor
Respostas à pergunta “Você é professor(a)?”.

A maioria dá aulas na educação básica, principalmente nos Ensinos Fundamentais I e II: 1.751 e 1.906, respectivamente. Outros 1.274 dão aulas no Ensino Médio. A soma ultrapassa 3.652 porque há professores que dão aulas em mais de uma etapa.

Gráfico sobre a pergunta: "de qual etapa você é professor?"
Respostas à pergunta “De qual etapa você é professor(a)?”. Clique para ampliar

Outro dado interessante é que a maioria das professoras e professores que responderam tem também alguma formação em pós-graduação, seja incompleta, em andamento ou já finalizada. Somadas todas as opções de pós, 2.659 já voltaram aos estudos após terem concluído o ensino superior.

Respostas à pergunta sobre a formação de professores
Respostas à pergunta “Qual sua formação?”. Clique para ampliar.

Sexo, gênero, moradia

As mulheres dominam. Mais de 80% de quem respondeu era do sexo/gênero feminino – e de 36 a 55 anos de idade. As escolas públicas detêm a esmagadora maioria do público: mais de 90% trabalham em instituições públicas, e cerca de 6%, embora também atue em escolas particulares, também dão expediente no setor público.

Gráfico em barra, mostrando 84% de mulheres na pesquisa.
Sexo/gênero dos participantes da pesquisa, por autodeclaração.
Gráfico em barra mostrando 73,27% entre 36 e 55 anos de idade
Respostas à questão “Diga sua idade…”.
Gráfico em pizza mostrando 90,5% de professores em escolas públicas
Respostas à questão “Você trabalha em…”.

Com 558 pessoas, São Paulo foi o estado com o maior número de professoras e professores que responderam à pesquisa, seguido por Minas Gerais (374) e Bahia (351). No recorte por região, porém, a maioria dos participantes era do Nordeste (mais de 34%).

Gráfico mostrando 34,75% de professores no Nordeste e 30,45% no Sudeste
Participantes da pesquisa, por região.

O que querem do Portal?

Com 2.015 votantes, o curso Comunicação digital para educadores foi o mais desejado pelo público, seguido pelo Entre livros e leitores (1.716).

O interesse pelos cursos se reflete nas sugestões de temas a serem abordados pelo portal. Temas ligados à leitura, escrita e língua portuguesa foram os campeões de citações, seguidos por educação inclusiva e materiais ligados a tecnologia e cultura digital, inclusive como ferramentas na sala de aula.

Outros temas bastante citados incluíram alfabetização e letramento, currículo e didática e formação de professores. Houve também menções a temas como drogas, prevenção ao suicídio e depressão em adolescentes e violência.

Confira o conteúdo mais recente da série CENPECexplica: Alfabetização em foco:

Nós, do Portal CENPEC Educação, agradecemos pela participação de todos que fizeram a mobilização nas redes sociais e tiraram um tempinho para responder à pesquisa – e estejam certos: os resultados vão trazer ideias e novidades para o Portal e para todos vocês!

Saiba mais