Ensino Médio Noturno e EJA no Brasil: análise de dados secundários

-

Ensino Médio Noturno e EJA no Brasil: análise de dados secundários

Pesquisa sobre o Ensino Médio Noturno (EMN) e a Educação de Jovens e Adultos (EJA) no Brasil: análise de dados secundários
Imprimir

Este estudo, de natureza exploratória, se debruça na última etapa da educação básica (o ensino médio), em turmas do período noturno e na modalidade Educação Jovens e Adultos. A pesquisa envolve seis estágios:

  1. Revisão da literatura com base na leitura dirigida de teses e dissertações da Capes e da Scientific Eletronic Library Online (Scielo) e os marcos da legislação nacional. Os descritores usados para a busca foram: Ensino Médio Noturno, Ensino Médio de Qualidade, Ensino Médio, EJA de Ensino Médio e EJA Noturno. Em termos de recorte temporal, foram considerados os trabalhos produzidos a partir de 2005.

    Os artigos foram lidos e codificados por meio do software MAXQDA, enquanto as teses e dissertações sofreram uma leitura parcial e dirigida, com foco nos títulos e resumos.
  2. Análise dos dados secundários em três dimensões: matrícula, características socioeconômicas da população atendida pelo EMN e pela EJA, características da população que deveria estar no Ensino Médio regular, população de 15 a 17 anos.

    Para a primeira dimensão, a principal fonte de dados é o Censo Escolar, produzido pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira  (INEP/MEC).Para a segunda e terceira dimensões, a principal fonte é a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD).As análises dos dados coletados foram organizadas em duas variáveis: 1.Exclusão da Escola. 2.Exclusão na Escola.
  3. Produção e análise de série histórica sobre  a situação do EMN e da EJA-EM no Brasil e nos diferentes estados da federação.
  4. Produção e análise sobre a dinâmica da matrícula, no EMN e na EJA, a partir da série histórica dos censos escolares disponíveis, do atendimento nos diferentes estados, e rendimento escolar.
  5. Identificação  das características socioeconômicas e a relação com o mundo de trabalho e família do público atualmente matriculado no EM e na EJA, de acordo com os dados da Pnad, bem como, da população de 15 a 17 anos que deveria estar no ensino regular.
  6. Apresentação dos resultados da pesquisa em um painel composto por especialistas, pesquisadoras(es) e tomadoras(es) de decisão com reconhecida experiência em Ensino Médio e Políticas Públicas.
O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é pre-requisitos@2x.png

Estudo: Pesquisa sobre o Ensino Médio Noturno (EMN) e a Educação de Jovens e Adultos (EJA) no Brasil: análise de dados secundários.
Período de realização: set. 2020 a abril 2021.
Parceiros: Instituto Unibanco


Veja também