Desigualdades educacionais, na nova edição dos "Cadernos CENPEC"

-

Desigualdades educacionais, na nova edição dos “Cadernos CENPEC”

Estudos de políticas públicas de educação, relações entre desigualdades educacionais e socioespaciais e avaliação
Imprimir

A nova edição dos Cadernos Cenpec já está à disposição de pesquisadores, professores e interessados na área de educação. O número 2 do volume 8, que reúne autores com atuação na área de pesquisas educacionais, traz contribuições para o estudo de políticas públicas de educação, relações entre desigualdades educacionais e socioespaciais e avaliação.

Clique aqui para acessar os Cadernos CENPEC v. 8, n. 2 (2018)

A seguir, um breve resumo dos artigos que compõem a publicação.

Interdependência competitiva e movimentação de alunos entre escolas: o caso da rede municipal de São Paulo (2008-2013)
Autores: Antônio A. Gomes Batista, Gabriela Thomazinho, Paula Reis Kasmirski, Hivy Damásio Araújo Mello e Fernando Henrique E. Guarnieri
Artigo elaborado no âmbito da linha de pesquisa do CENPEC sobre educação e desigualdades socioespaciais em grandes cidades. Os pesquisadores refletem sobre as trocas de escola por alunos do Ensino Fundamental da rede municipal de São Paulo, a fim de dimensionar a competição entre escolas.

Gestão do tempo e oportunidades de aprender na metrópole de São Paulo: uma análise de duas escolas situadas em territórios vulneráveis
Autoras: Fernanda Marcucci, Claudia Lemos Vóvio, Paula Reis Kasmirski e Hivy Damásio Araújo Mello
Estudo etnográfico do uso do tempo em turmas de 3º ano do Ensino Fundamental de duas escolas situadas em territórios vulneráveis. Fruto da pesquisa “Interdependência competitiva entre escolas” — uma parceria entre o CENPEC, a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e a Universidade Cidade de São Paulo (Unicid), o trabalho dialoga com a literatura educacional que aponta a gestão do tempo como fator fundamental para garantia da aprendizagem e para o enfrentamento das desigualdades educacionais.

Equidade educacional no Acre: os resultados do Saeb entre 1999 e 2011
Autores: Wagner Silveira Rezende, Luiz Vicente Fonseca Ribeiro e Joana Buarque de Gusmão
Artigo apresenta os resultados de um dos estudos desenvolvidos pela Diretoria de Pesquisa e Avaliação do CENPEC acerca da política educacional no Acre no período citado, quando o estado teve um crescimento do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) acima da média brasileira e da região Norte.
Para investigar a relação desses indicadores com a equidade, foram analisados dados do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) a partir das médias de proficiência dos alunos com base nas categorias classe, raça e gênero.

Implementação de políticas educacionais: elementos para o debate e contribuições para o campo
Autoras: Paula Louzano, Pâmela Félix Freitas, Ariane Faria dos Santos, Vanda Mendes Ribeiro e Joana Buarque de Gusmão
Estudo busca sistematiza referências sobre implementação de políticas públicas com destaque para o campo educacional. Trata-se de uma contribuição relevante pesquisadores, gestores e atores que atuam com políticas públicas de educação.

Etnografia e outras metodologias de pesquisa participativa com crianças: considerações a partir de um jogo de cartas
Autoras: Míghian Danae Ferreira Nunes e Sandra Mara da Cunha
Discussão ética sobre pesquisas participativas com crianças. As autoras criaram um jogo de cartas colaborativo para debater de questões éticas, teóricas e metodológicas com as quais pesquisadores se debruçam ao fazer pesquisa. As cartas são jogadas com as próprias crianças. Os problemas sugeridos pelo jogo incluem a submissão das pesquisas aos comitês de ética e os assentimentos e consentimentos, entre outros.

Trabalhando por dentro da caixa preta: avaliação para a aprendizagem na sala de aula
Autores: Paul Black, Clare Susan Lee, Bethan Marshall e Dylan Wiliam. Tradução: Bárbara Barbosa Born
Tradução de um texto clássico em avaliação educacional, publicado em 2004. Os autores compartilham os resultados de uma formação com educadores ingleses para aprimoramento de suas práticas avaliativas visando a levar os estudantes a compartilharem a responsabilidade pela aprendizagem. O texto pode ser muito útil para professores brasileiros melhorarem suas práticas de avaliação e, assim, a aprendizagem de seus alunos.


Cadernos CENPEC

Criada em 2006, a revista Cadernos CENPEC é destinada a pesquisadores e educadores, gestores e atores da sociedade civil organizada em favor da educação pública. Sua frequência é bianual.

Em 2011, a revista passou a adotar o sistema de revisão por pares e tornou-se uma publicação on-line, com livre acesso, circulação e discussão de trabalhos publicados.

O objetivo dos Cadernos CENPEC é fomentar a articulação entre ação educativa e pesquisa, por meio do debate de questões teóricas, resultados de estudos empíricos, bem como de princípios que orientem metodologias de intervenção na realidade educacional, no campo das políticas públicas, de programas ou de práticas educativas.