Exposição traz trabalhos de jovens do projeto Educação com Arte

-

Exposição traz trabalhos de jovens do projeto Educação com Arte

Mostra de jovens que cumprem medida socioeducativa na Fundação CASA abordou o tema Mulheres e suas Lutas e homenageou Marielle Franco
Imprimir

Prefeitura de Franco Rocha | 18.03.2019
Por Luana Nascimento

Foto: Reprodução/Orlando Junior.

Dar visibilidade aos jovens que cumprem medida socioeducativa em regime de internação na cidade de Franco da Rocha (SP) e formar um canal de diálogo com a comunidade, abordando um tema tão atual e urgente como o debate sobre o machismo. Esse é o objetivo da exposição Mulheres e suas Lutas, mostra de trabalhos exibida na Biblioteca Caio Graco da Silva Prado, na última quinta-feira (14/03).

A exposição é resultado das atividades desenvolvidas pelos jovens e adolescentes no projeto Educação com Arte: Oficinas Culturais, organizadas pelo CENPEC e pela Fundação CASA, com o apoio da Prefeitura de Franco da Rocha, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer.

Os arte-educadores, responsáveis por ministrar as oficinas com os garotos, acompanharam a exposição: Chai, Camilo Bazzo, Ronaldo e o mestre de capoeira Weliton Ferreira, conhecido como Pererê.

Partindo do tema Mulheres e suas Lutas, os alunos das turmas de artes do corpo (dança de rua e capoeira), arte das palavras (literatura periférica e rimas) e artes visuais (desenho, escultura, grafite, história em quadrinhos, pintura em tela) elaboraram músicas, poesias, textos e pinturas para se manifestarem contra o machismo e a desigualdade de gênero, destacando as batalhas enfrentadas no dia a dia pelas mulheres periféricas.

Além de suscitar o debate cada dia mais urgente sobre igualdade de direitos para as mulheres e reconhecimento das lutas femininas, o evento foi pensado como uma oportunidade para ressignificar o contato da comunidade com os adolescentes que cumprem medida de privação de liberdade nos Centros de Internação (CIs), mostrando um pouco do seu cotidiano e das ações realizadas na Fundação.

Marielle Franco: inspiração e luta

A data da exibição dos trabalhos não foi escolhida por acaso. No dia 14 de março, completou-se um ano do assassinato da vereadora Marielle Franco. Mulher negra, ativista pela causa dos direitos humanos, que lutava contra os abusos cometidos contra as comunidades carentes e militava em favor dos direitos das mulheres e dos LGBTs (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais).

Toda a luta travada por Marielle durante sua carreira foi utilizada para inspirar os trabalhos feitos pelos jovens. O rosto da vereadora, pintado de diferentes formas na exposição, estava presente em todo o ambiente da Biblioteca Municipal, simbolizando a importância de levar adiante o seu legado e as causas defendidas por ela.

Para conhecer um pouco da produção dos jovens, os alunos das oficinas culturais oferecidas pela prefeitura também participaram do evento, colaborando com a leitura de poesias e aplausos de incentivo aos garotos da Fundação CASA.

Leia a reportagem no site da Prefeitura de Franco da Rocha (SP)