Ações complementares à escola

-

Ações complementares à escola

Guia apresenta sugestões de trabalho para implementar a educação integral de crianças e adolescentes
Imprimir

Alimentação, moradia, saúde. esporte, cultura, lazer, artes, educação são direitos de toda pessoa. Quando se trata da população infanto-juvenil , nossa Constituição, em conjunto com o Estatuto da Criança e do Adolescente, estabelece o acesso a esses e outros direitos como responsabilidade do Estado e da sociedade.

A realização desses direitos está intimamente ligada à formação integral de crianças e adolescentes. Para isso, é necessário atuar em duas linhas: fortalecer a escola pública para que ofereça educação de qualidade a todos; oferecer ações complementares a esta, principalmente junto a crianças e adolescentes de classes desfavorecidas, promovendo melhores condições de desenvolvimento e acesso à cultura e à informação.

Este Guia apresenta sugestões e subsídios para a realização de ações diversas com esse público, trazendo exemplos concretos de todo o país. O público-alvo são tanto gestores públicos como dirigentes e executores de programas de instituições voltadas à população infanto-juvenil.

UNICEF; CENPEC. Guia das ações complementares à escola para crianças e adolescentes. 3. ed. São Paulo, 2002.