Ação e pesquisa docente

-

Ação e pesquisa docente

Cadernos Cenpec, São Paulo, Cenpec, v. 5, n. 2, jul./dez. 2015.
Imprimir

Neste número dos Cadernos Cenpec, o objetivo é promover a articulação entre a ação e a pesquisa educacionais. Assim, em vez de um especial temático, os artigos desta edição comunicam resultados de pesquisa e sistematizações de ações educacionais em assuntos variados, alinhados à missão do CENPEC Educação em promover a qualidade e a equidade da educação pública.

Acesse os Cadernos CENPEC v. 5, n. 1 (2015)

A seguir, um breve resumo dos artigos que compõem a publicação.

Educação não escolar em contexto de trabalho: indícios para a educação de jovens e adultos
Autores: Leonardo L. S. Matos, Luis Felipe S. Serrao, Luiz Henrique M. X. Lima, Márcia R. S. Mendonça e Roberto Catelli Jr.
O artigo discute aspectos importantes em propostas educacionais voltadas a jovens e adultos trabalhadores. A discussão ocorre pelo compartilhamento de uma experiência de EJA que tinha como objetivo ampliar o letramento e numeramento relacionadas ao cotidiano desses estudantes.

Licenciaturas e educação infantil: desafios para a formação inicial
Autora: Simone Maria B. Nascimento
Apresenta um estudo das propostas curriculares de três licenciaturas e investiga a baixa concentração de disciplinas que contemplam as especificidades das crianças de 0 a 5 anos.

As noções de gestos e de agir didático para a formação de professores de línguas: interfaces do trabalho docente
Autores: Carla Messias Ribeiro da Silva e Joaquim Dolz
Os autores discutem a prática didática e os gestos que caracterizam o professor de língua portuguesa no ensino fundamental. O objetivo é identificar os gestos mais eficazes para aprendizagem dos alunos.

“Quem gostou da história?” – a compreensão de leitura na educação infantil: possibilidades e desafios
Autora: Dilian da Rocha Cordeiro
Apresenta a pesquisa desenvolvida com professoras dos últimos anos da educação infantil sobre suas concepções de ensino de leitura e compreensão de textos.

Ler de novo ou ler o novo? Práticas de leitura de crianças na biblioteca pública
Autora: Rafaela Vilela
O texto traz os resultados de pesquisa realizada em uma biblioteca
pública com crianças entre 4 e 10 anos . O objetivo da investigação é discutir a repetição da leitura dos mesmos livros como uma prática comum na infância.

Construindo a gestão escolar colaborativa: a experiência de um
grupo de gestores

Autores: Alexsandro Santos, Hivy D. A. Mello e Joana B. Gusmão
Sistematiza a experiência do Grupo de Trabalho Gestão Escolar Colaborativa, integrado por gestores de escolas públicas da zona leste do município de São Paulo e coordenado pela equipe de pesquisas do CENPEC. O objetivo do grupo foi compartilhar práticas e saberes no campo da gestão escolar.

Design thinking: estratégia para estímulo à literatura por alunos e professores
Autores: Raphael G. B. Lopes, Priscila B. Arantes e Angela Klein
Descrevem projeto realizado na escola pública de ensino médio em que trabalham com o objetivo de sensibilizar alunos para a leitura de obras clássicas da literatura.

Educação intercultural no Brasil: entre o conservadorismo e transformações radicais
Autor: Abdeljalil Akkari (Universidade de Genebra)
O artigo avalia o aparato legal e jurídico brasileiro acerca da promoção da diversidade cultural, étnica e racial na educação como significativo e inovador. No entanto, sublinha que o conservadorismo em nosso país impede a legitimidade intercultural nas escolas. Defende que os professores devem desenvolver uma visão mais ampla da educação intercultural, de forma a compreendê-la no contexto da cidadania crítica e democrática.

Entrevista com Renato Ortiz: “Porque o mundo é comum, o diverso torna-se importante”
A entrevista com o professor da Universidade de São Paulo Renato Ortiz também contribui para compreender a diversidade na contemporaneidade. Esse é o tema de seu livro Universalismo e
diversidade: contradições da modernidade-mundo
(Boitempo, 2015). Afirmando que a diversidade ganha importância no contexto de globalização, Ortiz discute a diversidade em uma perspectiva relacional ao universalismo.

Resenha Revisitando Cohen e Barnes em “Pedagogia e política” (David Cohen e Carol Barnes)
Autora: Elba Siqueira de Sá Barretto
O texto de 1993 analisa as reformas educacionais do pós-guerra aos anos 1980 nos Estados Unidos. Os autores fazem uma série de reflexões relevantes para pensar as políticas educacionais atualmente em curso no Brasil.


Cadernos CENPEC

Acesse a página dos
Cadernos CENPEC

Criada em 2006, a revista Cadernos CENPEC é destinada a pesquisadores e educadores, gestores e atores da sociedade civil organizada em favor da educação pública. Sua frequência é bianual.

Em 2011, a revista passou a adotar o sistema de revisão por pares e tornou-se uma publicação on-line, com livre acesso, circulação e discussão de trabalhos publicados.

O objetivo dos Cadernos CENPEC é fomentar a articulação entre ação educativa e pesquisa, por meio do debate de questões teóricas, resultados de estudos empíricos, bem como de princípios que orientem metodologias de intervenção na realidade educacional, no campo das políticas públicas, de programas ou de práticas educativas.