A educação básica entre os jovens de 18 a 29 anos

-

A educação básica entre os jovens de 18 a 29 anos

CENPEC. Boletim Educação&Equidade n. 1. São Paulo, jul. 2016. Pesquisa Políticas para o Ensino Médio: o caso de quatro estados
Imprimir

Entre 2005 e 2014, o número de jovens de 18 a 29 anos que concluiu o ensino médio aumentou: ele passou de 18,8 para 23,7 milhões. Esses totais correspondem, respectivamente, a 46,8% e a 61,8% da população na faixa de idade.

Apesar do avanço, em 2014, 14,7 milhões não concluíram o ensino médio, etapa final da educação básica. Uma parte deles continua estudando no ensino fundamental e médio, mas a maioria abandonou a instituição escolar. É o que demonstra pesquisa realizada pelo Cenpec, que analisa dados do Pnad/IBGE sobre o tema no período entre 2005 e 2014.

A investigação também aponta relação entre a renda familiar e o perfil étnico-racial e de gênero na conclusão ou evasão escolar dos jovens. As conclusões dessa pesquisa são apresentadas na publicação a seguir.

ACESSE O BOLETIM EDUCAÇÃO&EQUIDADE

CENPEC. Boletim Educação&Equidade n. 1. São Paulo, jul. 2016.


Esta publicação é um dos produtos da pesquisa Políticas para o Ensino Médio: o caso de quatro estados.
Período de realização: 2015 a 2016
Parceiro: Fundação Tide Setubal

Ementa:
A pesquisa buscou descrever as políticas para o Ensino Médio nos estados do Ceará, Goiás, Pernambuco e São Paulo, analisando os pontos em comum, o impacto da diversificação da oferta concomitante de período parcial e integral, e as reações e percepções dos agentes escolares a essas políticas.

A pesquisa foi realizada por uma equipe central de coordenação e grupos de pesquisadores locais nos quatro estados. Foram empregados métodos qualitativos (realização de entrevistas, visitas a escolas e análise de documentos) e quantitativos (análise de dados de bases públicas).

A principal conclusão é que há uma forte associação entre diversificação da matrícula – de período integral e parcial – e estratificação social.


Veja também:

Entrevista com Márcia Campos: estado e municípios pela erradicação do analfabetismo no Ceará (2014)