-

Programa Jovens Urbanos

Imprimir

Parceiro investidor

Itaú Social.

Abrangência

São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo.

Público

Gestores públicos, educadores, professores e profissionais de instituições que atuam na área da juventude.

Criado em 2004, o Programa Jovens Urbanos busca promover, na perspectiva da educação integral, a ampliação do repertório sociocultural de jovens que vivem em territórios urbanos vulneráveis.

O programa desenvolve, implementa e dissemina tecnologias de trabalho com  juventude por meio de processos de formação de profissionais que atuam com o público jovem. Está amparado na tríade conceitual: ampliação de repertório, inserção produtiva e participação na vida pública, além de contribuir para que esses jovens concluam o Ensino Médio e tenham acesso ao Ensino Superior.

Em 2014, o programa recebeu menção honrosa no Prêmio Betinho e, pela segunda vez, foi selecionado pelo Ministério da Educação (MEC) para compor o Guia de tecnologias educacionais.

Em junho de 2015, a ação foi uma das iniciativas destacadas na Assembleia Geral das Nações Unidas durante o evento Dividendo Demográfico e Emprego de Jovens (em inglês, High-Level Event on the Demographic Dividend and Youth Employment), com a colaboração do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) e da Organização Internacional do Trabalho (OIT), em Nova York. Em dezembro do mesmo ano, o programa foi uma das 178 iniciativas educacionais de instituições brasileiras, entre organizações não governamentais (ONGs), escolas públicas e particulares, reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC) como exemplos de inovação e criatividade na educação básica.