Hora da diversão em casa

-

Hora da diversão em casa

indicações de atividades lúdicas e materiais on-line para entreter as crianças, se informar e refletir sobre o brincar em tempos de isolamento social
Imprimir

Por Stephanie Kim Abe

Um novo ano começou e a pandemia de Covid-19 segue impedindo que as escolas reabram com segurança e crianças e adolescentes possam voltar às salas de aula. Enquanto isso, pais e familiares vão se desdobrando para entreter as crianças em casa e acompanhar as atividades escolares; e professores e professoras seguem em busca de ideias que possam trazer para as crianças durante as aulas remotas. 

Considerando a importância do brincar para o desenvolvimento das crianças, o Portal Cenpec selecionou alguns materiais disponíveis na web que tratam das brincadeiras e de atividades lúdicas.

São podcasts, curtas de animação, oficinas e tutoriais que podem servir para inspirar as atividades em casa, para discutir sentimentos e situações com os pequenos, para refletir sobre os tempos que estamos vivendo – ou simplesmente para divertir. Veja abaixo:


Podcast Brincar em Casa : Território do Brincar

Os sete episódios que compõem esse podcast se passam dentro de casa. Casas, melhor dizendo, já que foram entrevistadas 55 famílias, moradoras da cidade de São Paulo, de outras cidades brasileiras e até de outros países (como Malawi, Índia e Argentina). 

Elas contam sobre o brincar em tempos de isolamento social, com a pandemia do coronavírus. Ao separar os episódios por cômodos (a sala, o quarto, a cozinha, o quintal), o podcast mostra como cada um desses espaços possibilitou diferentes descobertas, sentimentos, intimidades e transformações nas brincadeiras das crianças e nas relações com os outros membros da família nesse período.

O podcast é um produto do programa Território do Brincar – cujo documentário foi uma das nossas indicação de filme para aproveitar nas férias -, e está disponível em diversas plataformas, como Spotify, Google Podcasts, Podcast Addict, Deezer, YouTube etc.


+ Curtas: Animação: SescTV

É difícil achar animações brasileiras nas salas de cinema, mas isso não quer dizer que essas produções não existem. No SescTV, por exemplo, há 18 curtas produzidos por brasileiros e brasileiras, que usam diferentes técnicas de animação – e com acesso gratuito. 

Josué e o pé de macaxeira. Foto: reprodução
Josué e o pé de macaxeira. Foto: reprodução

Algumas produções – que também vão agradar adultos – foram destaques em festivais ou premiadas, e tratam dos mais diversos temas: morte, religião, monotonia da vida cotidiana, sonhos, arte etc. 

O curta Josué e o pé de macaxeira, dirigido por Diogo Viegas, bebe do clássico João e o pé de feijão, e dialoga com a cultura e paisagem brasileira, trazendo o Lampião pra história. Já em “O menino que sabia voar”, o protagonista é um menino em coma que não perde o seu espírito aventureiro e livre.

Clique aqui para ver todo o catálogo


Podcast Conta pra mim?

Com episódios curtos, de cerca de 10 minutos, esse podcast conta histórias de livros infantis famosos. Quem narra é uma dupla formada pela contadora de histórias Fafá Conta e Thiago Queiroz, que tem outros podcasts voltados para o público infantil e famílias. 

Os episódios são bem editados, com músicas, vinheta e efeitos sonoros que transportam para o momento da contação e fazem as histórias ficarem mais atraentes e divertidas – como no caso da contação do livro “Deixei o pum escapar”, de Blandina Franco e José Carlos Lollo (Companhia das Letrinhas).

O podcast está disponível em diversas plataformas, como Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e Deezer.


IC para crianças

Esse projeto do Itaú Cultural traz oficinas lúdicas, dos mais diversos temas, pra entreter as crianças dentro de casa. São aulas de dança, ilustração, teatro, experimentação musical e criação, realizadas on-line para serem acompanhadas pelas crianças pelo canal no YouTube do Itaú Cultural. A playlist IC para crianças já tem mais de 150 oficinas. 

Até março de 2021, uma série especial com brincadeiras, comandada pelo ator e músico Filipe Edmo, vai ao ar todos os sábados às 11h. Entre os episódios, estão um sobre jogos de mãos e com barbantes e outro com foco em brincadeiras de duelo.

Acesse todos os vídeos

Vivo - Alô, galerinha! Chegou a hora de achar mil maneiras divertidas de  brincar em casa. Preparados? Então se liga na dica: é só acompanhar as  redes sociais da Vivo e o

Vivo Brincar em casa

A campanha Vivo Brincar nasceu com o intuito de incentivar as crianças a saírem das telas e irem brincar durante a pandemia. Por isso, traz tutoriais de brincadeiras em vídeo, como pipa, cama de gato, pique-bandeira e slime, e em infográficos (caso da bolinha de meia e fantoche).

Há também uma série de vídeos, produzidos com o Tempojunto, que traz dicas para pais de brincadeiras para se fazer no jantar, na hora de dormir etc. 

Para educadores(as) que se interessam sobre as potencialidades de jogos e brincadeiras, há o curso gratuito Jogos e Brincadeiras para além da seriação, disponível na Plataforma Escolas Conectadas, iniciativa da Fundação Telefônica Vivo e da Fundação Bancária la Caixa. A formação tem carga horária de 20 horas, é mediada e possui certificação pela Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UFGRS). 

Saiba mais sobre o curso


Brincar no Portal Cenpec

Aqui no nosso portal, há uma porção de materiais, como vídeos e oficinas voltadas para educadores e educadoras. Em tempos de isolamento social, é preciso adaptar algumas delas, mas mesmo assim, são ótimas fontes de inspiração para pensar em atividades práticas, divertidas e educativas com as crianças.

Selecionamos alguns desses materiais relacionados ao brincar e às brincadeiras:

Caramba, carambola: o Brincar tá na escola" e na Plataforma! - Notícias -  Plataforma do Letramento

Vídeo Caramba, carambola: o Brincar tá na escola

Qual é o papel da brincadeira no desenvolvimento das crianças? Por que abrir espaço para a cultura lúdica na educação? De forma sensível e lúdica, o documentário Caramba, carambola: o Brincar tá na escola discute essas questões na perspectiva de quem está dentro da escola pública – tanto o professor como o gestor.

Embora tenha como foco a escola, as reflexões e práticas apresentadas nessa produção são essenciais para todos e todas que desejam pensar na educação numa perspectiva integral e humana. Assista:

Saiba mais sobre o documentário

Oficinas


Veja também