RESPOSTAS PARA O AMANHÃ – 4ª EDIÇÃO


Descrição:

O Prêmio Respostas para o Amanhã tem por objetivo estimular e difundir projetos desenvolvidos por alunos da rede pública de Ensino Médio, sob a coordenação de um professor orientador, que articulem conhecimentos científicos à busca de soluções simples para melhorar o lugar onde os alunos vivem e para contribuir para uma sociedade mais sustentável. O Prêmio destina-se a professores da rede púbica das áreas das Ciências da Natureza e de Matemática que atuem no Ensino Médio. O projeto inscrito deve ser desenvolvido com uma turma e envolver todos os estudantes, que devem identificar uma situação problema na comunidade e, por meio de pesquisa e investigação, propor uma solução simples para melhorar a realidade local.

Principais ações:

  • Divulgação e Mobilização
    • Relacionamento direto com mais de 20 mil escolas públicas com Ensino Médio.
    • Divulgação em portais e redes sociais do CENPEC e parceiros estratégicos.
    • Articulação com a Coordenação Geral de Ensino Médio do MEC - Ministério da Educação, para apoiar a divulgação por meio da comunicação direta com mais de 250 mil professores das áreas das Ciências da Natureza e da Matemática e para todas as redes públicas do Ensino Médio, abrangendo mais de vinte mil escolas
    • Contato com as 27 Secretarias Estaduais de Educação, via gabinete e assessoria de imprensa, por meio de ligações e e-mails, além da divulgação por meio dos avaliadores.
    • Mobilização de mais de 50 instituições que atuam nas áreas de Educação, Sustentabilidade, Ciências e Juventudes, dentre estas Universidades, Institutos de Pesquisa, organizações da sociedade civil.
    • Distribuição de material impresso, kits com folders e cartazes.
    • Gestão da Central de Atendimento para atuação em quatro frentes: ativação das inscrições, orientação para avaliação das inscrições e detalhamento dos projetos, envios de SMS, receptivo e gerenciamento do E-mail Fale Conosco.
  • Inscrição, seleção e avaliação
    • Revisão do formulário de inscrição.

Inclusão da possibilidade de detalhamento da proposta após o período de inscrição, com o objetivo de permitir um período de amadurecimento para a realização do projeto e garantir o registro mais qualificado do formulário de inscrição.

    • Acompanhamento das inscrições.

A 4ª edição contou com inscrições de todos os Estados brasileiros. Do conjunto das inscrições, apenas 15% foram provenientes de escolas localizadas nas capitais, sendo o restante oriundas de municípios de médio e pequeno porte. Das escolas inscritas, 87 são escolas rurais de acordo com a classificação do MEC.

    • Produção de conteúdo para apoiar avaliadores na seleção dos projetos.

As três etapas de seleção envolveram mais de 68 profissionais multidisciplinares de todas as regiões do país. Profissionais de universidades, institutos de pesquisas, organizações não governamentais, órgãos públicos, prioritariamente com formação nas áreas das Ciências da Natureza e da Matemática ou especialistas em juventudes e sustentabilidade.

    • Gestão e produção de conteúdos para o Portal Respostas para o Amanhã

Para orientar melhor os professores no processo de inscrição e no desenvolvimento do projeto foram implementadas algumas melhorias: redesenho da seção Passo a Passo; integração entre o formulário do professor e o ambiente do aluno; apresentação das dez categorias consideradas na avaliação, descrevendo os focos de análise com exemplos a partir dos projetos vencedores de outras edições, ilustrados com os vídeos sobre a proposta.

  • Formação
    • Atualização dos recursos disponíveis para professores e estudantes, com inclusão de novos conteúdos e criação de ambientes mais interativos.

Com o objetivo de estimular os alunos a conhecerem mais sobre as regiões onde vivem, foi incluído um mapa com os seis biomas terrestres brasileiros, trazendo suas principais características, com exemplos de fauna e flora e com links para sites específicos de cada um, para. Na Trilha dos Alunos foi inserido seis biomas terrestres.

Para os professores, foram introduzidos novos recursos, como um curso auto instrucional e oficina.

  • Para orientar melhor os professores no processo de inscrição e no desenvolvimento do projeto foram implementadas algumas melhorias: redesenho da seção Passo a Passo; integração entre o formulário do professor e o ambiente do aluno; apresentação das dez categorias consideradas na avaliação, descrevendo os focos de análise com exemplos a partir dos projetos vencedores de outras edições, ilustrados com os vídeos sobre a proposta.

Destaque(s):

O curso para professores “Aprender por Projetos”, disponível para todos os usuários do site, apresenta uma concepção de ensino e aprendizagem que amplia a autonomia dos alunos na realização de pesquisas e investigações, articulando a teoria com a prática na busca de soluções para problemas reais. O curso é auto instrucional e traz referências, textos, blocos de anotações, atividades e fóruns, que possibilitam a troca de experiências e saberes.

A edição também ofertou aos 25 professores vencedores na etapa regional, uma oficina “Relato de Prática: revelações do projeto”, com emissão de certificado aos participantes” e previsão de lançar um E_book com os relatos dos professores.

Parceiro Investidor:

Samsung

Abrangência:

Nacional

Apoio(s):

Consed – Conselho Nacional dos Secretários de Educação; OIE – Organização dos Estados Ibero-americanos; Reduca – Rede Latino-Americana de Organizações da Sociedade Civil para a Educação, Unesco – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura.

Números:

.

0
Projetos inscritos

.

.

0
Professores

.

.

0
Alunos

.

.

0
Escolas envolvidas

Curso

0
Matrículas

 

 

 

 

Portal

0
Usuários

.

0
Acessos

.

0
Visualizações de página

PROGRAMA JOVENS URBANOS