PROGRAMA ESCREVENDO O FUTURO


Olimpíada da Língua Portuguesa

Descrição:

O Programa Escrevendo o Futuro tem como objetivo contribuir para a melhoria do ensino da leitura e escrita nas escolas públicas de todo o país. Realiza diversas modalidades de formação presencial e a distância para educadores, além de um concurso de textos que premia as melhores produções dos alunos do 5º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio, a Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro.

Principais ações:

  • Portal Escrevendo o Futuro:

Como espaço de espaço de formação a distância e continuada de professores, coordenadores pedagógicos, técnicos de secretarias de educação, formadores e educadores envolvidos com o ensino de Língua Portuguesa, o Portal produz continuamente novas seções e conteúdos que subsidiem educadores de todo o país.

    • Literatura em Movimento: Nova seção com o objetivo de contribuir com o ensino da leitura literária. Nesse espaço o usuário encontra entrevistas com especialistas, artigos, reportagens e indicações de leitura.
    • Especial Relatos de Prática: ambiente digital que foi desenvolvido com o objetivo de auxiliar os educadores a construírem a reflexão e a sistematização de sua prática, além de oferecer o acesso a textos de professores de todo o Brasil, elaborados no âmbito do Programa Escrevendo o Futuro.
    • Percursos formativos “Plano de aula / Pauta de formação: essa ferramenta proporciona ao professor/formador criar seu plano de aula – para o caso do trabalho com alunos do ensino fundamental ao ensino médio – ou a sua pauta de formação – para aqueles que trabalham com formação de professores -, selecionando conteúdos dos Percursos Formativos e dizendo como planeja utilizá-los em sua aula. Tendo finalizado esse planejamento, o professor/formador pode compartilhá-lo com os outros usuários dos Percursos Formativos.

 

  • Cursos on-line
    • Nas tramas do texto: caminhos para reescrita: o curso autoformativo, ainda em produção, tem como foco o ensino da produção de textos escritos vinculado ao estudo de conhecimentos linguísticos, visando à formação de professores de Língua Portuguesa da rede pública brasileira.
    • Avaliação textual: propostas e análises: curso sobre avaliação de textos nos quatro gêneros textuais do Programa: Memórias literárias, Poema, Crônica e Artigo de opinião, buscando promover a reflexão e prática do processo de avaliação de textos.
    • Sequência didática: aprendendo por meio de resenhas: curso que propõe aos participantes vivenciar de uma sequência didática para escrever uma resenha de um produto cultural, visando a apropriação dos princípios do trabalho com gêneros.
    • Caminhos da Escrita: proporciona a reflexão sobre as práticas de letramento como práticas culturais vinculadas às diversas esferas da vida social e a elaboração, a partir dessa compreensão, de um projeto de práticas de letramento para ser realizado em sala de aula.
    • Leitura vai escrita vem: práticas em sala de aula: curso autoformativo que tem como principais objetivos a oferta de reflexões teóricas e sugestões práticas para os professores que queiram aprimorar dinâmicas de sala de aula para o ensino de leitura na escola.

 

 

  • Realização do Seminário Nacional Escrevendo o Futuro: com a palavra, o professor-autor

Nos dias 03 e 04 de outubro aconteceu, em São Paulo, o Seminário Nacional Escrevendo o Futuro: com a palavra, o professor-autor. Nesses dois dias, reuniram-se professores, técnicos de secretaria, pesquisadores e profissionais de organizações do terceiro setor da área da educação para discutir sobre a prática docente, com foco no ensino da leitura e da escrita. O destaque da programação foi a apresentação de dez projetos de escrita elaborados por professores de diversos lugares do Brasil.

  • Apoio aos programas de formação de Secretarias de Educação Estaduais

Como o objetivo de contribuir para a formação de profissionais capazes de articular o saber específico de sua área de conhecimento e o saber pedagógico e, desse modo, promover a melhoria do ensino de Língua Portuguesa nas escolas públicas brasileiras, a equipe do Programa Escrevendo o Futuro participou do processo de construção da pauta de formação.

  • Publicação da Revista Na Ponta do Lápis

Em 2017 foram publicadas duas edições da revista, nº 29 e 30, com tiragem de 10 mil exemplares cada. A revista Na Ponta do Lápis, desde 2005, vem publicando conteúdos que complementam as orientações do Caderno do Professor (Coleção da Olimpíada), sistematizando e disseminando conhecimentos acumulados pelo Programa. Dessa maneira, a publicação procura intensificar o diálogo e a reflexão entre a fundamentação teórica e a prática do professor, fortalecendo o ensino da leitura, escrita e oralidade em sala de aula.

  • Produção da versão mobile dos Cadernos Virtuais

Em 2017, o Programa inovou e criou uma versão mobile dos Cadernos Virtuais, isto é, uma versão para dispositivos móveis, como celulares e tablets. Navegando no aplicativo, as oficinas, critérios de avaliação, referências, textos, áudios e vídeos podem ser acessados com poucos cliques.

Parceiro Investidor:

Fundação Itaú Social

Abrangência:

Nacional

Parceiro(s):

MEC - Ministério da Educação, Consed - Conselho Nacional dos Secretários de Educação, Undime – União Nacional dos Dirigentes Municipais de educação e Canal Futura

Destaque(s):

Processo de seleção dos dez trabalhos que foram apresentados no Seminário

Foram selecionados, por formadores do Programa, dez projetos desenvolvidos por professores de língua portuguesa de escolas públicas de todo o país. Para a seleção dos professores um longo caminho foi percorrido: os 417 professores semifinalistas de 2016 que entregaram o Relato de Prática receberam por e-mail um convite para participar de um processo de seleção. Aqueles que demonstraram interesse, 142 professores, responderam questões sobre o projeto que estavam desenvolvendo em sala de aula.

Os projetos enviados foram analisados e acompanhados por uma equipe que discutiu virtualmente com o professor possibilidades de aprimoramento das ações propostas. Aqueles cujas propostas foram escolhidas receberam presencialmente a visita de um tutor que orientou o aprimoramento do trabalho e apoiou a elaboração da apresentação e do relato de prática.

Acesse:

Números:

Portal

Usuários cadastrados no Portal: 372.106, sendo que 92.000 destes são considerados “usuários qualificados”, ou seja, usuários que navegam pelo Portal com certa frequência, acessam os conteúdos formativos oferecidos e permanecem nas páginas por um tempo considerável.

0
Total de visitas

0
Visualizações de página

Cursos

0
Nº de inscritos

Apoio às secretarias estaduais

0
municípios

.

0
participantes

PLATAFORMA ALFALETRAR
EDUCAÇÃO COM ARTE