Prêmio Aprendizagem Solidária

 

 

O Prêmio

 

Identificar, reconhecer e valorizar práticas de aprendizagem que promovam ações de solidariedade, a partir do diagnóstico e intervenção em problemas reais de comunidades e territórios. Esse é o objetivo do 1o Prêmio de Aprendizagem Solidária – Experiências que transformam.

Instituições de ensino superior, escolas de todos os níveis e modalidades da educação básica e organizações da sociedade civil de todo o território brasileiro são convidadas a participar, inscrevendo seus projetos ou experiências de aprendizagem solidária.

Além do reconhecimento público, os três projetos ou experiências melhor avaliados em cada uma das quatro categorias receberão apoio financeiro e formativo para potencializar e ampliar suas ações de aprendizagem e de solidariedade para e com a comunidade. O Prêmio é também uma oportunidade para trocar experiências e inspirar outros projetos.

O 1o Prêmio Aprendizagem Solidária – Experiências que transformam é uma iniciativa da Rede Brasileira de Aprendizagem Solidária (RBAS), com coordenação técnica do Centro de Estudos em Educação, Cultura e Ação Comunitária (CENPEC), do Instituto Singularidades, do Movimento Futuro, da Organização dos Estados Iberoamericanos para Educação, Ciência e Cultura (OEI) no Brasil e da Mori Educação e apoio do Centro Latino-Americano de Aprendizagem e Serviço Solidário (CLAYSS).

Participe! Inscreva seu projeto ou experiência até o dia 5 de outubro de 2020.

 

 

Aprendizagem Solidária
O que é?

Existem várias nomenclaturas ao redor do mundo para definir essa prática educativa: aprendizagem solidária, aprendizagem e serviço solidário, voluntariado educativo, service learning. Isso porque a aprendizagem solidária é praticada pelo menos desde o início do século XX e está presente em mais de 40 países ao redor do mundo.

No Brasil, ela guarda forte correlação com os princípios da educação integral e está presente da creche à pós-graduação, em instituições de ensino públicas e particulares, e também na educação não formal, como em formações oferecidas por organizações da sociedade civil e movimentos sociais.

Mas afinal, o que caracteriza a pedagogia da aprendizagem solidária? De acordo com o Guia para o desenvolvimento de projetos de aprendizagem solidária – edição brasileira, as práticas de aprendizagem solidária são caracterizadas por uma dupla intencionalidade – solidária e formativa – que se articulam simultaneamente, com o protagonismo dos educandos e ações de intervenção na realidade.

Não são consideradas aprendizagem solidária as ações de solidariedade sem intencionalidade formativa, ou o contrário, formações que não promovam a transformação social. Na pedagogia da aprendizagem solidária, o aprender a aprender, aprender a fazer, aprender a ser e aprender a conviver caminham juntos. São os próprios educandos, nos diferentes espaços educativos, que aplicam os conhecimentos adquiridos, para responder às necessidades específicas de uma comunidade e, ao mesmo tempo, aprenderem valores de solidariedade, cidadania, participação, convívio e compreensão de diferentes realidades socioculturais.

 

Como saber se meu projeto/experiência é aprendizagem solidária?

Por detrás de uma grande diversidade de nomenclaturas, contextos e experiências, três características podem ser consideradas comuns à aprendizagem solidária. Para entender se seu projeto/experiência é aprendizagem solidária, veja se ele contempla aos seguintes pressupostos:

 

Para saber mais




 

Veja o que dizem os membros da Rede Brasileira de Aprendizagem Solidária:

 

Categorias e premiações

Categoria 1: Instituições de Ensino Superior

Quem pode se inscrever: Instituições de Ensino Superior públicas ou privadas, que desenvolvam atualmente ou que tenham desenvolvido projetos/experiências de aprendizagem solidária.

Premiação:

 

Categoria 2: Instituições de Educação Básica I

Quem pode se inscrever: Instituições públicas ou privadas de Educação Infantil ou Ensino Fundamental – Anos Iniciais, que desenvolvam atualmente ou que tenham desenvolvido projetos/experiências de aprendizagem solidária.

Premiação:

 

Categoria 3: Instituições de Educação Básica II

Quem pode se inscrever: Instituições públicas ou privadas de Ensino Fundamental – Anos Finais ou de Ensino Médio, que desenvolvam atualmente ou que tenham desenvolvido projetos/experiências de aprendizagem solidária.

Premiação:

 

Categoria 4: Organizações sem fins lucrativos

Quem pode se inscrever: Organizações da sociedade civil (OSCs) sem fins lucrativos formalmente constituídas, que desenvolvam atualmente ou que tenham desenvolvido projetos/experiências de aprendizagem solidária.

Premiação:

A critério da Comissão Julgadora do Prêmio, poderão ser atribuídas Menções Honrosas, nas quatro categorias.

Calendário

 

 

 

Regulamento

Conheça aqui o regulamento do 1o Prêmio de Aprendizagem Solidária – Experiências que transformam e leia-o com atenção antes de fazer a inscrição do seu projeto/experiência.

Todas as informações estão contidas neste documento. Caso tenha alguma pergunta, confira nossa seção de dúvidas frequentes. Se ainda tiver dúvidas, entre em contato conosco!

 



 

 

Como participar

Para participar do 1o Prêmio de Aprendizagem Solidária – Experiências que transformam, siga o passo a passo:

 

1. Reúna uma equipe de trabalho, para que todos conheçam a proposta do Prêmio.

2. Baixe o Guia para o desenvolvimento de projetos de aprendizagem solidária – edição brasileira, o Regulamento e a Ficha de Inscrição.

3. Leia o Guia e avalie se o seu projeto ou experiência atende aos pressupostos da pedagogia da aprendizagem solidária. Você pode inscrever mais de um projeto ou experiência, mas a leitura atenta do material ajuda a identificar aquele com mais potencial de premiação.

4. Leia o Regulamento e, em seguida, a Ficha de Inscrição, para compreender a categoria em que seu projeto ou experiência se enquadra e quais são as informações que serão solicitadas.

5. Reúna todas as informações e responda à Ficha de Inscrição na versão em aberta.

6. Após revisar as respostas, acesse o formulário abaixo, conforme a categoria de inscrição, e copie e cole as informações da ficha.



Dúvidas frequentes

 

Quem pode participar do Prêmio?

Podem participar instituições de educação básica e de ensino superior, públicas ou privadas, e organizações da sociedade civil sem fins lucrativos formalmente constituídas e regularizadas, sediadas dentro dos limites do território nacional brasileiro, e que desenvolvam atualmente, ou que tenham desenvolvido projetos/experiências de aprendizagem solidária entre janeiro de 2019 e o encerramento das inscrições.

Para que possam receber e administrar recursos de uma eventual premiação, as instituições públicas de ensino superior devem possuir unidades auxiliares formalmente constituídas e regularizadas. Já escolas públicas de educação básica precisam ter associação de pais e mestres formalmente constituídas e regularizadas. As organizações de sociedade civil e instituições privadas de ensino, por sua vez, devem estar formalmente constituídas e regularizadas junto ao Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica.

Qual é a premiação?

Em cada uma das quatro categorias, serão três premiados, conforme a classificação final:

1º lugar – R$ 15 mil em recursos para desenvolvimento e ampliação de projetos/experiências de aprendizagem solidária; bolsa com passagem, hospedagem e alimentação para participação de um representante do projeto/experiência no Seminário Internacional de Aprendizagem Solidária 2021, que será realizado em Buenos Aires (Argentina); e certificado de premiação.

2º lugar – R$ 7 mil em recursos para desenvolvimento e ampliação de projetos/experiências de aprendizagem solidária; uma vaga em curso a distância de desenvolvimento de projetos de aprendizagem solidária; e certificado de premiação.

3º lugar – R$ 5 mil em recursos para desenvolvimento e ampliação de projetos/experiências de aprendizagem solidária; uma vaga em curso a distância de projetos de aprendizagem solidária; e certificado de premiação.

A critério da Comissão Julgadora do Prêmio, poderão ser atribuídas Menções Honrosas certificadas, nas quatro categorias.

Quais são os documentos exigidos para a inscrição e premiação?

Para inscrição, serão exigidas as informações constantes na ficha de inscrição, previamente disponibilizadas em formato aberto, além de fotos e vídeos sobre o projeto/experiência. A qualquer momento, poderão ser solicitadas informações e documentos adicionais, a critério da Comissão Julgadora do Prêmio.

Para a premiação, serão exigidos documentos específicos para cada categoria:

Organizações da sociedade civil: Estatuto vigente, ata de eleição da última diretoria, comprovante de inscrição e regularidade no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica e documentos adicionais, a critério da Comissão Julgadora do Prêmio.

Escolas públicas: Projeto Político–Pedagógico, constituição da Associação de Pais e Mestres, com o respectivo estatuto, ata de eleição da última diretoria e cartão Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica; além de documentos adicionais, a critério da Comissão Julgadora do Prêmio.

Escolas privadas: Projeto Político–Pedagógico, comprovante de inscrição e regularidade no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica e documentos adicionais, a critério da Comissão Julgadora do Prêmio.

Universidades públicas: Constituição da unidade auxiliar, com o respectivo estatuto, ata de eleição da última diretoria e cartão do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica, além de documentos adicionais, a critério da Comissão Julgadora do Prêmio.

Universidades privadas: Comprovante de inscrição e regularidade no cadastro Nacional da Pessoa Jurídica e documentos adicionais, a critério da Comissão Julgadora do Prêmio.

Caso falte algum documento, é possível fazer a inscrição e enviar depois?

É importante que os documentos e informações para a inscrição estejam organizados antes de se iniciar o processo de preenchimento do formulário de inscrição. Para os documentos e informações de premiação, é possível providenciar a documentação posteriormente até o final do prazo para anúncio dos vencedores. As instituições de ensino ou organizações que não apresentarem os documentos requeridos poderão ser desclassificadas.

Como meu projeto ou experiência será avaliado?

Numa primeira etapa, os projetos/experiências serão avaliados individualmente por uma equipe profissional composta por integrantes da Rede Brasileira de Aprendizagem Solidária, conforme os princípios da pedagogia da Aprendizagem Solidária apontados no Guia para o desenvolvimento de projetos de aprendizagem solidária – edição brasileira.

Os projetos/experiências classificados como finalistas serão então apreciados por uma Comissão Julgadora formada por especialistas e representantes das organizações que realizam a coordenação técnica do prêmio.

Posso mandar inscrição por e-mail?

As incrições deverão feitas exclusivamente pelo formulário de inscrição disponível nesta página. Caso tenha alguma dúvida ou dificuldade, entre em contato conosco.

Qual o e-mail ou telefone para tirar dúvidas?

Entre em contato conosco pelo e-mail aprendizagemsolidariabr@gmail.com ou pelo telefone e WhatsApp (11) 99948-9025, de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h.

Materiais de divulgação

 

Ajude o 1º Prêmio de Aprendizagem Solidária – Experiências que transformam a chegar aos quatro cantos do país. Conhece algum projeto ou experiência de aprendizagem solidária? Não deixe de indicar o Prêmio para o responsável! Aqui você encontra todas as informações e materiais de que precisa. Clique nos cards abaixo para acessar os materiais.

 

 

 

Contato

 

Caso tenha alguma dúvida, entre em contato conosco pelo e-mail aprendizagemsolidariabr@gmail.com ou pelo telefone e WhatsApp (11) 99948-9025. Estamos à disposição de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h.