Desenhando histórias

-

Desenhando histórias

Esta é a oitava de uma série de 12 oficinas baseadas nos Encontros de Estudos em Arte-educação e Experiências Híbridas na Formação de Educadores da Infância. Publicada originalmente no site Território de Formação em Arte (Impaes — Instituto Minidi Pedroso de Arte e Educação Social)
Imprimir
O que é?

Práticas de “corpo e consciência” e de contação de histórias a partir de ilustração

Materiais


Computador, tablet/notebook ou celular com acesso à internet; tapetinhos; folhas de sulfite, lápis de cor

Finalidade

Expressão da criação artística, narração coletiva, expressão por meio de desenho.

Expectativa

Promover a expressão oral e artística das crianças por meio de ilustrações de contos de fadas.

Público

Crianças da educação infantil

Ambiente

Sala de aula, sala de atividades, espaço aberto ou ambiente remoto

Duração

2 encontros de 1h30


Início de conversa

Muitos contos de fadas atravessaram gerações e ainda ocupam o imaginário infantil. A partir de uma ilustração de um conto de fadas bastante conhecido, as crianças poderão recontar a história de forma coletiva ou reproduzir em desenho uma cena marcante.

Inicie a oficina com um mapeamento das características do grupo. Peça a cada criança que expresse seu estado ao chegar à aula ou ao encontro em uma palavra. Pergunte:

Base Nacional Comum Curricular (BNCC)
habilidades EI03TS02 e EI03EF05.

Como você está chegando ao encontro/à aula hoje?

Escolha um lugar seguro para as crianças ficarem descalças ou disponibilize tapetinhos. Oriente-as a formar um círculo. Com elas, faça giros das articulações, dos dedos dos pés até o pescoço. Finalize com respirações e inspirações suaves. Pergunte:

Como você está se sentindo agora?

Deixe que as crianças se expressem livremente.

Chat forum, communication, live chat, online consultant, online meeting  icon - Download on Iconfinder

Ambiente remoto
Peça às crianças que façam a atividade corporal sobre um tapetinho em casa. Explique os movimentos que serão feitos. À medida que você orientar o movimento com as articulações, aguarde alguns minutos para que cada criança faça o movimento. Ao final, faça respirações e inspirações suaves. 


File:US Army 51636 Teddy Bear Picnic.jpg
Professora lê uma história para as crianças. Foto: Charmain Z. Brackett/Wikipédia

Explorando a ilustração

Oriente as crianças a se sentarem em círculo e apresente a ilustração que você selecionou sobre uma história bastante conhecida pelas crianças.

Apresente a ilustração selecionada para as crianças. Permita que elas explorem a imagem e observem as personagens, gestos, formas e cores. 

Iilustração de Sarah Noble Ivespara o conto Cinderela. Aquarela, pena e tinta (c. 1912). Foto: Wikimedia Commons

Faça uma exploração da imagem com a turma. A seguir, trazemos uma sugestão: a cena em que Cinderela experimenta o sapatinho perdido no baile. Você pode perguntar:

  • Quem são as personagens?
  • Onde elas estão?
  • O que está acontecendo na cena?

Ambiente remoto
Compartilhe a imagem com as crianças. Mantenha a imagem na tela por tempo suficiente para as crianças observarem os detalhes e explorarem as cores e formas.

Pergunte:

A cena da ilustração lembra alguma história que você conhece? Qual?

Faça a narração de Cinderela. Para narrar, deve-se ouvir o que “a história pede”. Você pode usar mais imagens e uma trilha sonora como apoio, se julgar necessário.

Ou menos usar bonecos outros objetos, como talheres, brinquedos, legumes, frutas para representar as personagens. Esses mesmos objetos podem ser usados para dar ritmo e sonoridade de acordo com os acontecimentos que estão sendo narrados.

Já conferiu a oficina Contando e recontando histórias”?

Após a narração, peça à turma que reconte a história. Divida a história por partes entre as crianças.

Desenho de criança. Foto: Pxhere

Ambiente remoto
Peça às crianças que desenhem uma parte da narrativa que acabaram de ouvir.
Você pode dividir a história em partes e resumir em uma frase: Cinderela varrendo a cozinha; as filhas da madrasta no baile; Cinderela na carruagem etc. Após a produção, as crianças podem narrar a cena escolhida por meio do desenho que fizeram.


Para inspirar

A vida secreta das fraldas/(The secret life of diapers), da contadora de histórias e bonequeira Andi Rubinstein: peça que recebeu o prêmio de melhor atuação/manipulação no Festival de Teatro para Crianças na Sérvia.

O espetáculo conta a história de uma mãe envolvida na tarefa diária de lavar e passar inúmeras fraldas de pano. Ao se entregar a esse trabalho, ela sai da realidade por alguns instantes e cria seres mágicos que contam a sua própria história.


Veja também