Vídeos: A importância da autodeclaração e como ela orienta políticas públicas

-

Vídeos: A importância da autodeclaração e como ela orienta políticas públicas

Veja mais dois vídeos da Campanha Declarar para Respeitar, Colorir pra Educar, que versam sobre racismo, Censo do IBGE, consequências da não declaração e uso dos dados para pensar reparações históricas

Por Stephanie Kim Abe

A autodeclaração de raça/cor envolve muitas coisas – entre elas, questões de pertencimento e identidade e formulação de políticas públicas.

São esses os aspectos abordados no segundo e terceiro vídeo da campanha Declarar para Respeitar, Colorir pra Educar, criada pela Comunidade Cenpec com o objetivo de refletir sobre o que fundamenta o pensamento sobre autodeclaração no Brasil.

No vídeo Por que é importante se autodeclarar?, Washington Lopes Góes e Eduardo Dias de Souza Ferreira falam sobre como o racismo se reproduz no cotidiano e como a autodeclaração é importante para definir a identidade e se sentir pertencente a um grupo

Foto: reprodução do vídeo

Os chamados pardos, segundo o IBGE, não são minoria, e essa constituição do negro enquanto pardo, preto e moreno, são todos negros. Negro ora sim de pele clara, ora de pele retinta, mas todos constituindo essa matriz preta, negra brasileira.”

Eduardo Dias de Souza Ferreira, especialista em direitos humanos, infância e juventude

Eles explicam as cinco categorias do IGBE utilizadas no Censo e também falam sobre as consequências da não declaração. “Não se trata de uma categorização biológica, e sim social”, diz Washington, que é mestre em educação e relações raciais e técnico de programas e projetos do Cenpec.

Confira o vídeo completo:


Declarar para Respeitar, Colorir pra Educar

A campanha Declarar pra Respeitar, Colorir pra Educar, criada pela Comunidade Cenpec, aborda a importância da autodeclaração de raça/cor na construção de uma sociedade mais justa e equitativa. Para isso, ela traz diferentes materiais que tratam da temática:

🎞️ Vídeo: O que você pensa sobre autodeclaração de raça/cor no Brasil?
✏️ Reportagem: Autodeclaração de raça/cor: por que fazer?
📄 Artigo: Por que ainda é tão difícil declarar-se como negra(o) no Brasil?

🎥 Playlist no YouTube: #DeclararpraRespeitarColorirpraEducar


Políticas públicas

Ao se autodeclarar, a população fornece dados para que políticas públicas sejam planejadas e executadas pensando em como atingir povos específicos que são mais vulneráveis

Esse é o tema do vídeo Autodeclaração e políticas públicas, em que Washington Góes aponta alguns argumentos a favor da coleta dessas informações por diferentes áreas:

A autodeclaração deve ocorrer em todos os âmbitos da política pública: na educação, na saúde, em espaços culturais e também quando vamos fazer alguns documentos pessoais”, diz.

Ele completa:

Foto: reprodução do vídeo

Quando uma pessoa se autodeclara, ela está oferecendo subsídios para que o Estado pense em políticas públicas, pois o resultado do Censo pode revelar distorções e contribuir para que as políticas públicas corrijam, por vias legais, as diversas discriminações existentes.”

Washington Góes, mestre em educação e relações raciais e técnico de programas e projetos do Cenpec

Veja o vídeo completo abaixo:


Veja também