CENPEC Educação faz parceria com SME de São José do Rio Preto

-

CENPEC Educação faz parceria com SME de São José do Rio Preto

CENPEC Educação desenvolve assessoria em São José do Rio Preto (SP) para a (re)elaboração dos projetos político-pedagógicos escolares
Imprimir

De março a dezembro de 2019, desenvolve-se uma parceria entre o CENPEC Educação e a Secretaria Municipal de Educação (SME) de São José do Rio Preto, no interior do estado de São Paulo.

Durante 10 meses, o CENPEC Educação realiza assessoria à equipe dirigente da SME e formação a um grupo de supervisores, assistentes técnicos e gerentes, envolvendo 40 pessoas ao todo.

O objetivo é oferecer subsídios à Secretaria na formação das duplas gestoras das escolas – diretor(a) e coordenador(a) pedagógico(a) – para a (re)elaboração dos projetos político-pedagógicos escolares.

Nos encontros, desenvolvidos pela técnica coordenadora do projeto, Solange Feitoza Reis, serão abordadas questões relacionadas à função social da escola, educação integral, currículo e gestão escolar, acompanhamento e avaliação. Segundo a educadora, a proposta é refletir junto com o grupo da SME acerca de questões educacionais que dialogam com a realidade das escolas locais.

“Não entendemos a formação como transmissão passiva de informações e ideias, como se os sujeitos em formação fossem meros replicadores. Ao contrário, trata-se de profissionais que refletem, planejam e executam ações formativas com base em suas experiências e nos contextos em que estão inseridos”, destaca a coordenadora, Solange Feitoza.

Solange Feitoza Reis

Solange conta que um dos fundamentos da metodologia dessa formação é a homologia de processos: “Essa concepção rompe com a ideia de ‘repasse’, de ‘alguém que sabe, ensinando a outros que não sabem’, de algo pronto que precisa ser multiplicado. Na contramão do que Paulo Freire chamava, criticamente, de educação bancária, defendemos a autoria de cada sujeito envolvido na formação, que, com base nas suas vivências, elabora e produz novas experiências. Nessa perspectiva, há sempre uma reconfiguração”, reflete.

Além da assessoria, o CENPEC Educação é responsável por nove palestras para os 2.467 professores e 233 gestores das escolas públicas municipais. As palestras, ministradas por Cláudia Galian, Ocimar Alavarse e Romualdo Portela de Oliveira, professores da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (FEUSP), tratarão dos seguintes temas: função social da escola e desigualdade educacional; currículo; e avaliação educacional.


Leia também:

Currículo escolar: outros olhares e caminhos
(entrevista com Lilian L’Abbate Kelian e Rodrigo Travitzki)

Base curricular e educação integral (especial multimídia)

Currículo para a cidadania: desafios (especialistas apontam para a necessidade de reforçar o diálogo entre a BNCC e os fundamentos da educação integral)