Programa Itaú Social UNICEF: o percurso formativo se encerra

-

Programa Itaú Social UNICEF: o percurso formativo se encerra

Saiba quais as 686 OSCs que seguem para avaliação e seleção e confira as aprendizagens construídas ao longo do percurso formativo
Imprimir

Desde agosto de 2020, 1.719 organizações da sociedade civil (OSCs) de todas as regiões brasileiras estiveram imersas no percurso formativo, primeira etapa da 1a edição do Programa Itaú Social UNICEF. Em 31 de janeiro de 2021, essa fase foi encerrada, com a entrega dos planos de intervenção, produzidos durante a última estação do percurso. 

Assim, 686 OSCs seguem para a próxima etapa: o processo de avaliação e seleção. 

Veja aqui a lista das OSCs que seguem no Programa Itaú Social Unicef para o processo de avaliação e seleção

Para Letícia Araújo Moreira da Silva, coordenadora do Programa pelo Cenpec:

Foto: arquivo pessoal

Essa etapa que se encerra foi de extrema importância para o Programa. Nos quatro primeiros meses, as organizações se envolveram num processo formativo muito intenso. Todo o suporte que demos (por meio dos/as mediadores/as e das lives) e torcida foram para que conseguissem finalizar essa etapa e elaborar o seu plano de intervenção. Ainda que não venham a estar entre as 40 OSCs que serão fomentadas a partir do semestre que vem, enxergamos esse processo como um grande potencial para as instituições, porque elas se organizaram e conseguiram olhar para o seu território, realizar diagnósticos interessantes e agora propor o plano de intervenção.”

Letícia Araújo Moreira da Silva

As organizações que seguem no processo de avaliação e seleção são as que entregaram todos os materiais e concluíram todas as atividades das estações 1, 2 e 3 do Percurso Formativo. Das 688 OSCs, 40% são da região Sudeste, 28% do Nordeste e 17% do Sul. Já o Centro-Oeste e o Norte estão representados por 9% e 6%, respectivamente.

Julia Ribeiro, oficial de Programa do UNICEF Brasil, explica:

Foto: arquivo pessoal

O número de inscritos superou as expectativas iniciais do Programa e partiu do esforço coletivo de mobilizar organizações de regiões prioritárias do Programa, que são: regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. A proposta de garantir maior participação de OSCs das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste vem da necessidade de priorizar regiões que possuem indicadores sociais e educacionais mais desafiadores, contribuindo para um olhar voltado para o enfrentamento das desigualdades sociais existentes no território brasileiro.”

Julia Ribeiro

O Percurso Formativo buscou contribuir para a reflexão das organizações sobre as suas práticas, trajetórias e perspectivas, no sentido de trazer um olhar atento aos seus territórios e ampliar parcerias com lideranças comunitárias, coletivos e outras instituições do entorno. 

Milena Duarte, coordenadora de Fomento do Itaú Social, avalia: 

Foto: arquivo pessoal

A nossa proposta foi bem ousada, e ao longo do percurso nós fomos nos dando conta disso. Nossa agenda formativa tinha um grande volume de atividades, então foi surpreendente esse número expressivo de organizações que conseguiram cumpri-la.”

Milena Duarte

Saiba mais sobre as aprendizagens trazidas pelo Percurso Formativo e as próximas etapas no site do Programa Itaú Social UNICEF.


Veja também