#Nem1PraTras pensa próximos passos da campanha

-

#Nem1PraTras pensa próximos passos da campanha

Entidades promovem reflexão sobre desafios da educação básica e articulam a continuidade da ação
Imprimir

Durante todo o mês de abril, a campanha #Nem1PraTras chamou atenção para os desafios da educação no Brasil. Apoiada por mais de 90 instituições, inclusive o CENPEC Educação, a campanha contou com palestras, atividades e intervenções em escolas brasileiras.

Que o dia 28 de abril, Dia da Educação, comemorado no domingo, seja reafirmado sempre – assim como fizeram todas as organizações no compromisso de garantir educação para as crianças, adolescentes e jovens deste País!

Para comemorar a data, o Canal Futura lança a série “Entrevista”, apresentada por Priscila Cruz, presidente do movimento Todos pela Educação. Entre os especialistas entrevistados, está a presidente do Conselho de Administração do CENPEC Educação, Anna Helena Altenfelder, que falou sobre alfabetização e as metodologias adequadas ao contexto de vida do aluno.

Agora, a campanha pensa seus próximos passos da mobilização. Um balanço das ações dessa primeira jornada avaliará, com as entidades parceiras, o desenvolvimento e execução da campanha #Nem1PraTras, além da elaboração de relatórios para contabilizar o alcance real da campanha presencial e virtual.

#Nem1PraTras: as ações pelo Brasil

Inspirada no lema “No one left behind”, dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – ODS (ONU), a campanha #Nem1PraTras visa a incentivar uma mobilização sobre os temas mais relevantes da educação no Brasil.

Sem deixar ninguém para trás, a ação além de fornecer material didático para ser utilizado em sala de aula, vídeos explicativos sobre a campanha, promove ações na Bahia, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul, Bahia, Rio de Janeiro e Distrito Federal.

Acompanhe a programação

Educadores e estudantes participaram da campanha com vídeos sobre experiências, vividas no dia a dia da sala de aula e relatos sobre os  processos de ensino-aprendizagem.

Professor Ronaldo Lemos comenta os desafios que enfrentou na sua formação na escola. Foto: Reprodução.

Professor e pesquisador brasileiro, Ronaldo Lemos falou sobre o período que estudou em uma escola pública em Araguari, e o problema de acesso a livros e material didático. “O que a gente fez para superar esse desafio foi, na verdade, um mutirão, onde todos os professores, alunos e pais de alunos compartilhavam os seus livros para que tivéssemos acesso a eles”, conta Lemos.

Confira os vídeos da campanha

Outros importantes focos da campanha #Nem1PraTras são a capacitação de diretores, professores e coordenadores pedagógicos para a aplicação da BNCC e o trabalho com as habilidades socioemocionais dos estudantes. Desenvolver a empatia, o autoconhecimento, a confiança, a paciência e a ética entre adultos, jovens e crianças são metas importantes para a educação pública deste século.


Foto de destaque: Divulgação.