Gilberto Dimenstein: Exemplo para a sociedade civil brasileira

-

Gilberto Dimenstein: Exemplo para a sociedade civil brasileira

CENPEC Educação lamenta a morte do jornalista e ativista que deixou enorme contribuição para a educação e os direitos da criança e do adolescente no Brasil
Imprimir

Faleceu nesta sexta-feira (29), aos 63 anos, o jornalista e ativista social Gilberto Dimenstein. Diante da triste notícia, o CENPEC Educação vem a público manifestar nossa solidariedade a sua esposa, Anna Penido, a seus dois filhos e aos amigos, e nosso pesar por essa perda irreparável para a sociedade civil brasileira.

Como jornalista, Dimenstein teve uma carreira brilhante em veículos importante como a rádio CBN, o Jornal do Brasil, O Globo, o Correio Braziliense e a Folha de S.Paulo, onde atuava quando recebeu diversos reconhecimentos por reportagens que revelavam os bastidores da política.

Obra de Gilberto Dimenstein que lhe rendeu Prêmio Jabuti em 1993.

Dimenstein foi também criador do portal Catraca Livre, veículo premiado por seu grande impacto social, e um dos fundadores da Agência de Notícias dos Direitos da Infância (Andi). Publicou ainda dezenas de livros, tendo recebido um Prêmio jabuti em 1993 por “O Cidadão de Papel”, obra de não-ficção sobre direitos da criança.

Em sua atuação como ativista pelo direito à cidade, pelos direitos da criança e do adolescente e pelo direito à educação, Dimenstein foi responsável por criar iniciativas de grande relevância para sociedade civil organizada brasileira, sempre ousando, inovando e desbravando novas possibilidades. Esteve entre os fundadores de organizações educacionais que fizeram e fazem uma contribuição fundamental para o cenário político, social e educacional brasileiro, como o Cidade Escola Aprendiz e o Centro de Referência em Educação Integral.

Ao longo dos últimos anos, nós do CENPEC Educação tivemos o prazer e o privilégio de atuar como parceiros em muitas dessas iniciativas e empreitadas pela proteção e o desenvolvimento integral de crianças, adolescentes e jovens brasileiros. Faremos o possível para seguir levando essas bandeiras adiante, com a generosidade e inovação que ele sempre nos inspirou.    


Arte: Karine Oliveira