Formação: Quais saberes estão presentes na sua prática docente?

-

Formação: Quais saberes estão presentes na sua prática docente?

Atividades propõem reflexão sobre a escolha da carreira docente e as qualidades e competências utilizadas em sala de aula
Imprimir

Por Stephanie Kim Abe

Que são muitos e muitas os professores e as professoras realizando um ótimo trabalho Brasil afora, apesar de todas as dificuldades, não é nenhuma novidade. Porém, muitos(as) profissionais às vezes não se reconhecem como bons docentes, ou têm dificuldade em apontar os saberes presentes na sua prática. Ainda que sejam reconhecidos(as) pelos(as) colegas, estudantes e gestores(as), esses(as) docentes não sabem explicar por que são valorizados(as).

Para ajudá-los(las) a refletir sobre a sua prática e entender quais são seus pontos fortes a serem destacados, o Portal Escrevendo o Futuro disponibilizou, em outubro, uma pauta de formação de docentes, criada por Sonia Madi, especialista em Língua Portuguesa e Didática e idealizadora da Olimpíada de Língua Portuguesa.

Acesse aqui a pauta da formação completa

“Pretendemos colaborar com os professores, para que apurem o olhar sobre suas práticas, entendam como foram construídas ao longo do tempo e identifiquem seus múltiplos saberes, tanto para realçar aqueles que estão consolidados, mostrando-se eficazes, quanto os que necessitam de maior estudo e dedicação. Pretendemos identificar nas práticas docentes esses saberes para que esse processo de desenvolvimento pessoal e profissional resulte no empoderamento desses mestres; assim, além de saber, sabem que sabem”

Sonia Madi, no Portal Escrevendo o Futuro

A proposta consiste em três atividades:

  • “De volta ao tempo”, que busca descobrir os motivos para a escolha da profissão docente, por meio do resgate de lembranças e histórias de vida;
  • “Quais são nossos saberes profissionais”, que reflete sobre os múltiplos saberes envolvidos na prática pedagógica;
  • “Como somos professores na atualidade”, que pretende analisar os saberes explicitados pelos(as) docentes e ajudá-los(as) a se orgulhar do seu processo de desenvolvimento.

As atividades podem ser executadas presencialmente ou a distância; em encontros formativos entre professores e professoras, organizados pela rede de ensino ou pela própria escola. Não há uma hierarquia entre elas, podendo ser realizadas de acordo com o tempo de formação disponível.

A metodologia consiste, num primeiro momento, em momentos de reflexão individual. Depois, há o compartilhamento de situações, para estabelecer conexões e identificar um padrão nas respostas ou situações apresentadas. Por fim, um momento de síntese, que pode resultar na produção de um cartaz ou Datashow para apresentar os resultados.

As três atividades são acompanhadas de um passo a passo, além de explicações teóricas que dão base à proposta e dos materiais que serão utilizados em cada uma delas.


Saiba mais


Arte: Karine Oliveira