Que 2022 venha com mais esperançar

-

Que 2022 venha com mais esperançar

O Cenpec agradece a todas e todos que lutaram ao nosso lado por uma educação com qualidade em 2021 e se inspira em Paulo Freire para os votos de 2022
Imprimir

Em um ano marcado por tantas desigualdades que deixaram milhares de crianças, adolescentes e jovens fora da escola, é preciso comemorar cada conquista em prol de uma educação com qualidade e equidade. 

Imagem em miniatura de um resultado do Lens

Pode até parecer pequena, dado o mar de impactos negativos que a pandemia trouxe, mas é importante: uma ligação a mais que resulta em um contato com um(a) estudante ausente, uma planilha que facilita o controle da gestão escolar sobre a frequência das(os) alunas(os), uma cartinha de fim de ano para os familiares, um apoio emocional da gestão educacional às(aos) professoras(es). 

Nas ações conduzidas pelo Cenpec por todo o Brasil, essas vitórias só foram possíveis porque foram construídas por muitas mãos, que trabalharam em conjunto ao longo de todo o ano. Como reconhece e agradece Anna Helena Altenfelder, presidente do Conselho do Cenpec:

A dedicação e o comprometimento da equipe no nosso trabalho coletivo com educadoras(es) e parceiras(os) é que nos permitiu alcançar as conquistas de 2021, mesmo num contexto tão adverso. E é exatamente essa certeza, da continuidade do trabalho coletivo, que nos faz esperançar em 2022.”

Anna Helena Altenfelder

O esperançar, como bem nos ensina Paulo Freire, não é espera passiva. Ao contrário, significa ir à luta, agir e jamais desistir. Esperançar por uma educação integral e inclusiva, com garantia de acesso, permanência e aprendizado para todas e todos. Esperançar por uma educação pública com qualidade, comprometida com a justiça social e, principalmente, com a equidade.

Em 2022, o Cenpec continuará firme em seu propósito, enfrentando as desigualdades educacionais e construindo um futuro cheio de oportunidades para todo mundo.


Veja também