Dia Mundial da Língua Portuguesa: uma ode às línguas em português

-

Dia Mundial da Língua Portuguesa: uma ode às línguas em português

Para celebrar essa importante data, compilamos poemas, canções e matérias do Portal Cenpec que falam sobre a língua portuguesa; confira
Imprimir

Por Stephanie Kim Abe

É de José Saramago, único autor em língua portuguesa a ganhar o Prêmio Nobel de Literatura, a frase “Não há uma língua portuguesa, há línguas em português”, que aparece logo no início do documentário Língua – Vidas em português (2004), de Victor Lopes.

A constatação é precisa. Afinal, o português tem mais de 265 milhões de falantes no mundo todo, sendo a língua mais falada no hemisfério sul. Por estar tão espalhada, ela não é única, mas cheia de variações linguísticas e vocabulário diverso que traduzem a multiplicidade de sotaques e culturas que tem essa língua como oficial.

No Dia Mundial da Língua Portuguesa, celebrado, desde 2019, em 5 de maio, compilamos alguns poemas e músicas que falam da língua portuguesa. Clique na nuvem de palavras abaixo para visualizar a seleção. 


Explorando a língua portuguesa no Portal Cenpec

A língua portuguesa também aparece frequentemente entre os conteúdos do Portal Cenpec, já que o desenvolvimento da leitura e escrita, e a alfabetização são alguns dos temas trabalhados pelo Cenpec em seus projetos. 

Abaixo, compilamos algumas das nossas principais reportagens e materiais interativos para ajudar professores e professoras de todo Brasil que buscam recursos e informações sobre a temática para melhorar suas práticas e usar em sala de aula.  Confira!

Reportagens

Entenda o que está em jogo nas propostas de novas marcas gramaticais para tornar a linguagem mais inclusiva e respeitar a identidade de todas, todos e todes.

Em artigo da revista Na Ponta do Lápis, a professora doutora Ana Lorena Bruel reflete sobre o entrecruzamento das diferentes desigualdades.

Do apagamento da contribuição de povos africanos ao uso de expressões racistas, entenda o papel da língua na manutenção do racismo e como é possível combater esse grande problema social.

Saiba mais sobre o papel das brincadeiras na exploração das linguagens e no desenvolvimento integral das crianças na educação infantil.

Confira a entrevista com ilustradores(as) autores(as) Fernando Vilela, Lúcia Hiratsuka e Odilon Moraes (publicada originalmente na Plataforma do Letramento/Cenpec em 2016.)

Artigo da pesquisadora da FE-USP Sabrina Paixão discute o papel das HQ na formação de leitoras(es) (publicado originalmente na Plataforma do Letramento em 2016). 

Artigo da educadora matemática Silvia Longato (publicado originalmente em 2015 na Plataforma do Letramento

Entrevista com Rogério Pereira e Júlio Ludemir, publicada originalmente na Plataforma do Letramento em 2014

Neste texto publicado originalmente em 2013 pela Plataforma do Letramento, confira entrevista com o escritor Cacá Lopes 


Material interativo

Com cerca de 250 línguas faladas no Brasil, como trabalhar o ensino da(s) língua(s) nesse cenário plural? Confira nessa reportagem publicada originalmente na Plataforma do Letramento (Cenpec) em 2015

Escrever palavras de forma correta para proteger o planeta é o grande desafio deste jogo, voltado a crianças em fase de alfabetização

O material apresenta também uma linha do tempo relacionando fatos históricos e literários, um quiz para você testar seus conhecimentos sobre literatura brasileira, dicas de como trabalhar a leitura literária na escola e ainda uma midiateca com sugestões de livros, sites, vídeos e outros materiais sobre o tema.

Confira neste especial multimídia quais são as dimensões envolvidas na aprendizagem de leitura e como apoiar o desenvolvimento de habilidades e competências leitoras nas crianças

Especial multimídia aborda questões de professores(as) sobre como ensinar ortografia de forma reflexiva e interessante

Neste Especial, a variedade linguística se faz presente por meio de um mapa com vídeos enviados por pessoas de diferentes regiões do Brasil e de outros países falantes de português.

Primeiro vídeo vinculado ao especial Aprendizado inicial da escrita, material produzido pela Plataforma do Letramento em 2013,


Poéticas africanas de língua portuguesa: língua, engajamento e resistência

“A escrita literária, considerada veículo para a concretização de identidades culturais híbridas, mescladas, imprime, na língua oficial de cada espaço, marcas e tons diferenciados. Essa estratégia é deliberadamente assumida por escritores e escritoras que decidem construir os seus textos, optando por uma dupla escrita, em crioulo e em português, ou misturando, intencionalmente, a língua oficial do seu país com as línguas ‘da terra’, ou mesmo decidindo publicar os textos somente na língua de uso, o crioulo.”

Esse artigo, publicado na revista digital Buala, trata das obras poéticas de duas representantes de países africanos de língua portuguesa: a guineense Odete Semedo e a cabo-verdiana Eneida Nelly.

Confira na íntegra o artigo aqui.

Festa no Museu da Língua Portuguesa

O Museu da Língua Portuguesa celebra o Dia Internacional da Língua Portuguesa com uma série de atividades presenciais e gratuitas. Apresentações musicais, performances, mesas de debate, lançamentos de livros e leituras de obras literárias vão agitar instituição na capital paulista. Entre as palestrantes estão Aílton Krenak, Yeda Pessoa de Castro, Daiara Tukano, entre outras(os). As mesas terão transmissão ao vivo pelo YouTube e Facebook do Museu da Língua Portuguesa, com interpretação em Libras. Confira a programação completa.


Veja também