Conheça o Brasil pelos textos finalistas da Olimpíada de Língua Portuguesa

-

Conheça o Brasil pelos textos finalistas da Olimpíada de Língua Portuguesa

Nova página do Portal Escrevendo o Futuro facilita o acesso às publicações que trazem todos os textos finalistas das seis edições da Olimpíada
Imprimir

Por Stephanie Kim Abe

Sempre atento às demandas dos professores de Língua Portuguesa e demais usuários do portal, o Programa Escrevendo o Futuro disponibilizou uma nova página em seu portal que reúne as coletâneas dos textos finalistas de cada uma das seis edições da Olimpíada de Língua Portuguesa.

O objetivo foi facilitar o acesso às publicações, que já se encontravam publicadas no portal, mas esparsas, circunscritas nas páginas referentes a cada edição.

“Nosso objetivo foi dar visibilidade a essa série histórica, já que o processo de produção textual culmina com a publicação. Queremos sempre levar esses textos para além dos muros da escola, trazê-los para o mundo, estabelecer outros diálogos e garantir que mais pessoas conheçam todos esses territórios e produções”, explica Maria Aparecida Laginestra, coordenadora do Programa Escrevendo o Futuro e da Olimpíada de Língua Portuguesa no CENPEC Educação.

Clique aqui para acessar todas as coletâneas dos textos finalistas da Olimpíada de Língua Portuguesa


Riqueza de olhares para as diferentes realidades brasileiras

Os textos possuem grande abrangência e agradam não apenas os alunos e professores participantes, mas todos aqueles que têm curiosidade em olhar para o país por diferentes perspectivas e se surpreender com as produções de alunos do Ensino Fundamental e Médio de escolas públicas brasileiras.

A partir do tema central para a formulação dos textos, “O lugar onde vivo”, são tratados os mais diversos assuntos, como o enfrentamento à seca, a questão do abastecimento de água, a destruição ambiental e o feminicídio, entre outros.

“Estamos em 86% dos municípios brasileiros, então esses textos são vozes que vêm de diversas regiões do país, que retratam a realidade de diferentes formas. Se você passar por todos esses cadernos, você pode ter um panorama do Brasil, e ver como ele vem mudando de acordo com o que está acontecendo na sociedade”, explica a coordenadora.

Poema da estudante Marina Gujanski Schmitd, de Santa Teresa (ES), integra o caderno dos textos vencedores da 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa
O Poema da estudante Marina Gujanski Schmitd, de Santa Teresa (ES), integra o caderno dos textos finalistas da 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa

Desde a segunda edição, em 2010, a Olimpíada de Língua Portuguesa trabalha com quatro gêneros textuais: poema, memórias literárias, crônica e artigo de opinião.

Na última edição, a novidade foi a inclusão do gênero documentário. Ele passou a ser trabalhado com os alunos do 1º e 2º anos do Ensino Médio, ficando o gênero textual artigo de opinião apenas para os alunos do 3º ano.

“As produções são muito interessantes e variadas. Temos a linguagem poética dos poemas, o olhar para o cotidiano pitoresco nas crônicas, a questão do pertencimento com as memórias literárias, as polêmicas locais por meio dos artigos de opinião. A entrada do gênero documentário trouxe o olhar com recorte crítico e argumentativo dos estudantes do Ensino Médio para as suas cidades”, diz Maria Aparecida Laginestra.

Saiba mais sobre os documentários vencedores da 6ª Olimpíada de Língua Portuguesa nessa matéria do Portal CENPEC Educação


Dar asas às produções dos alunos

A coordenadora chama atenção para a importância de dar visibilidade às produções dos alunos não apenas durante a Olimpíada, mas também no dia a dia, seja na sala de aula ou fora dela.

Fotografia de Maria Aparecida Laginestra, coordenadora do Programa Escrevendo o Futuro e da Olimpíada de Língua Portuguesa no CENPEC Educação.

Nas oficinas oferecidas pelo Portal Escrevendo o Futuro, costumamos indicar que os professores façam publicações no espaço escolar. Sugerimos que eles organizem varais, saraus, pleiteiem espaços para fazer a leitura dos textos ou mesmo os leiam numa rádio local. Esse incentivo é importante porque dá reconhecimento aos estudantes – e também aos professores, já que por trás desses textos há um empenho sério, ao longo de vários meses, desses profissionais

Maria Aparecida Laginestra, coordenadora do Programa Escrevendo o Futuro e da Olimpíada de Língua Portuguesa no CENPEC Educação.

Os cursos on-line oferecidos pelo Portal Escrevendo o Futuro tem como objetivo contribuir com a formação de educadores para o ensino da Língua Portuguesa.

Veja todas as datas de inscrições para o 2º semestre dos cursos do Programa Escrevendo o Futuro

O Portal também traz jogos de aprendizagem, entrevistas, artigos e outros materiais para dar suporte e recursos aos educadores em temas referentes à leitura e escrita.

Tanto o Portal Escrevendo o Futuro como a Olimpíada de Língua Portuguesa são ações desenvolvidas pelo Programa Escrevendo o Futuro, uma iniciativa da Fundação Itaú Social, com coordenação técnica do CENPEC Educação.


Veja também