Pesquisa mostra que brasileiros querem uma educação melhor para o país

-

Brasileiros elegem educação infantil como prioridade

Pesquisa do Todos Pela Educação e Ideia Big Data mostra que brasileiros estão descontentes com a educação do país
Imprimir

A pesquisa de opinião realizada pelo Todos Pela Educação em parceria com a empresa especializada em opinião pública Ideia Big Data mostra que mais da metade (52%) dos brasileiros acredita que o governo deveria priorizar ações voltadas para a melhoria da qualidade da educação infantil, acabar com o analfabetismo e aumentar o salário dos professores. O estudo foi realizado em junho deste ano.

Entre os entrevistados, mais da metade (55%) também não acredita que o Ministério da Educação (MEC) enfrenta os problemas reais da educação básica brasileira. Além do que, mostram insatisfação com a gestão da educação como um todo: 58% avaliam a atuação do governo federal como péssima ou ruim, contra os 15% de brasileiros que avaliam como boa ou ótima.

Gráfico da pesquisa do Idea Big Data, disponível na página 7.
Fonte: Todos Pela Educação

Pessimismo

A qualidade da educação básica é considerada ruim ou péssima, segundo 60% dos entrevistados pela pesquisa. Os avanços educacionais dos últimos dez anos são vistos com pessimismo: para 47% do brasileiros o ensino piorou; apenas 13% concordam que a área melhorou e para 36%, não melhorou e nem piorou.

Vagas em creche foram apontadas como prioridade por 22% dos entrevistados. Ademais, a pesquisa apurou também que o combate ao analfabetismo (15%) e a melhora do salário e condições de trabalho dos professores(15%), devem ser foco do governo federal.

Acesse a pesquisa na íntegra

Leia também: