Amazonas inicia avaliação do Centro de Mídias de Educação

-

Amazonas inicia avaliação do Centro de Mídias de Educação

Representantes do governo estadual e do CENPEC realizam encontro sobre projeto de ensino presencial mediado por tecnologias
Imprimir

Implantado em 2007, o Centro de Mídias de Educação do Amazonas (CEMEAM) é um projeto do governo do Amazonas voltado para o Ensino Fundamental II, Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA) que realiza ensino presencial mediado por tecnologias.

Na última quinta-feira, 24/01, ocorreu um primeiro encontro para discutir a avaliação processual e formativa do Centro de Mídias, com representantes do CENPEC e da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino do Amazonas (Seduc-AM).

Prof. Luiz Castro (centro), secretário de Educação do Amazonas, recebeu representantes do CENPEC e da gestão atual para discutir avaliação do CEMEAM. Foto: Reprodução.
Prof. Luiz Castro (centro), secretário de Educação do Amazonas, recebeu representantes do CENPEC e da gestão atual para discutir avaliação do CEMEAM. Foto: Reprodução.

A consultoria de avaliação do CEMEAM é resultado de um edital vencido pelo CENPEC e que contempla uma série de ações que deverão ser desenvolvidas ao longo de 2019, visando a realizar um diagnóstico educativo, operacional e tecnológico do Sistema Estadual de Ensino Presencial Mediado por Tecnologia do Amazonas (SEEPMT), definir necessidades de investimento para aumentar a cobertura e qualidade do sistema, além de colher dados e fornecer orientações para tornar o projeto mais eficaz.

O encontro ocorreu no gabinete do secretário, Luiz Castro, e, além do próprio, contou com a presença, entre outros, de: Marcia Coutinho, responsável pela coordenação geral, e Milena Cascarelli, responsável pela gestão administrativa e financeira, ambas representando o CENPEC; Prof. Raimundo Barradas, secretário executivo adjunto pedagógico; Profª. Ana Maria, secretária adjunta pedagógica do Interior; e Junior Mar, diretor do Centro de Mídias.

Tecnologia e educação

Com o CEMEAM, as aulas ocorrem por meio de teleconferência, a partir de estúdios de televisão localizados em Manaus, e são transmitidas diariamente por satélite via sistema de IPTV (internet por televisão), com interatividade de som, imagens e dados.

As aulas são planejadas por professores de cada disciplina. Dos estúdios do CEMEAM, educadores ministram aulas em tempo real. Na outra ponta, outro professor, que faz o papel de mediador e facilitador, coordena as aulas em classes nas comunidades rurais.

O CEMEAM foi criado em 2006 a partir do projeto Ensino Médio com Mediação Tecnológica e iniciou as atividades no ano seguinte. Atualmente, o Centro, que já recebeu prêmios nacionais e internacionais, é responsável por 43 mil alunos, orientados por professores presenciais em mais de 2,2 mil comunidades localizadas nos 62 municípios do Amazonas.