Educação e desigualdade, na visão de um Nobel

-

Educação e desigualdade, na visão de um Nobel

O economista James Heckman recomenda investir no ensino, especialmente na pré-escola, para combater as disfunções da desigualdade social, como o crime
Imprimir

Em entrevista à BBC Brasil, o vencedor do Nobel de Economia, James Heckman, explica a relação da desigualdade social com a educação na primeira infância. Baseado em dados do Perry Preschool Project, o pesquisador defende o investimento em educação, principalmente na pré-escola, como estratégia econômica e social.

Além do conteúdo curricular clássico, Heckman acredita que as habilidades socioemocionais devem ser ensinadas na primeira infância e contribuem para evitar a criminalidade. “Os participantes (do projeto) têm estatisticamente uma chance muito menor de ter cometido crimes”, afirma.

Foto: Divulgação.

Baseada em desempenho escolar, a análise do programa Perry mostra que o retorno do investimento em educação na primeira infância chega até 10% ao ano. A longo prazo, o pesquisador comprovou a redução de custos com reforço escolar e até mesmo com sistema penal.

O maior retorno para cada dólar investido em todos os programas de educação é a redução de crimes e a criação de um ambiente encorajador para as crianças.”

James Heckman

Os pais dos alunos também não ficam de fora. O Perry Preschool Project incluiu a participação dos pais para estimular e apoiar os pequenos. Acompanhando de perto o cotidiano das famílias, o programa também orientou os pais para auxiliarem na alfabetização e aprendizagem das crianças de zero a cinco anos.

Ensinar os pais a se engajar na vida da criança, isso dá resultado no resto da vida”.

James Heckman

Confira a entrevista na íntegra

No Brasil, a BNCC (Base Nacional Comum Curricular) propõe o ensino das habilidades socioemocionais como forma de melhorar o aproveitamento do aluno no ensino fundamental e nas etapas seguintes. O CENPEC Educação disponibiliza em seu site diversos materiais de apoio à aplicação da BNCC. Confira.

SAIBA MAIS: