A importância de Paulo Freire para a educação

-

A importância de Paulo Freire para a educação

Jornal da Cultura destaca vida e obra de Paulo Freire, atacado pelo presidente Jair Bolsonaro. Anna Helena Altenfelder, do CENPEC Educação, comenta a importância do educador para a aprendizagem
Imprimir

Depois de não renovar contrato com a TV Escola, as declarações do presidente Jair Bolsonaro sobre o educador Paulo Freire, chamando-o de “energúmeno” foi tema dos principais veículos de imprensa nesta segunda-feira (16), assim como nas redes sociais. O Jornal da Cultura comentou a notícia – e contou com a participação de Anna Helena Altenfelder, presidente do Conselho de Administração do CENPEC Educação. Assista ao vídeo.

Ataques à TV Escola e a Paulo Freire

A declaração de Bolsonaro sobre Paulo Freire foi dada na saída da residência oficial do Palácio da Alvorada, quando questionado sobre a não renovação do contrato com a TV Escola, enquanto conversava e fazia fotos com apoiadores.

“Quem assiste à TV Escola? Ninguém assiste. Dinheiro jogado fora. Agora, era uma programação totalmente de esquerda, ideologia de gênero (…). Tem muito formado aqui em cima dessa filosofia do Paulo Freire da vida aí, esse energúmeno aí, ídolo da esquerda”, declarou o presidente. Em uma das definições dos dicionários, energúmeno é a pessoa desprovida de inteligência, boçal.

O Jornal da Cultura discutiu se Jair Bolsonaro não extrapolou a liturgia da presidência. Para o cientista político Sérgio Fausto, a atitude foi descabida, absurda e ofensiva. “O fato de que nós tenhamos que discutir isso emburrece o País”, comentou.

Para o historiador Marco Antonio Villa, Bolsonaro mostra desconhecimento quanto à obra de Paulo Freire. “Paulo Freire recebeu o título de doutor honoris causa de inúmeras universidades fora do Brasil. É reconhecido internacionalmente”. Villa também comentou que não é verdade que não havia público para a TV Escola, a que ele mesmo assistia.

O [método Paulo Freire] é um método (…) usado em diversos países. Seus livros, publicados em 20, 30 países – e o presidente desconhece (…). A educação brasileira, por fim, tem inúmeros métodos.”

Marco Antonio Villa

O Jornal da Cultura também exibiu um especial sobre a vida e obra de Paulo Freire e sobre sua notoriedade no campo da educação e da pedagogia. Comentando o assunto, Anna Helena Altenfelder destacou a importância de Freire para o processo de ensino-aprendizagem.

Anna Helena Altenfelder

Para Paulo Freire, a aprendizagem era importantíssima. Era uma questão de direito, mas o que eles nos ensinou – e, por isso, sua contribuição é tão importante – é que, para que efetivamente o aluno aprenda, é preciso que os educadores considerem sua cultura, seu contexto, seus interesses e, a partir disso, estabeleçam um diálogo.”

Anna Helena Altenfelder, presidente do Conselho de Administração do CENPEC Educação

Saiba mais

Paulo Freire: o patrono legítimo da educação brasileira

6 textos que comprovam a importância de Paulo Freire na educação

O reconhecimento distorcido de Paulo Freire


Veja também