Desafio Inova Escola prorroga prazo de inscrições

-

Desafio Inova Escola prorroga prazo de inscrições

Prazo de inscrição vai até 26 de agosto. Participe!
Imprimir

Por Suzana Camargo

As inscrições para o Desafio Inova Escola foram prorrogadas até à próxima segunda-feira, 26 de agosto, trazendo mais uma chance de trilhar um caminho de inovação educativa para os educadores que atuam em escolas brasileiras de educação básica.

O Desafio Inova Escola foi idealizado em comemoração aos 20 anos da Fundação Telefônica Vivo, que o desenvolve com apoio técnico do CENPEC Educação. O programa considera educador todo(a) profissional que exerça uma função dentro da escola, seja ele(a) docente ou não.

A inscrição deve ser feita por equipes: para se inscrever, os educadores precisam organizar-se em grupos de, no mínimo, dois e, no máximo, oito profissionais de uma mesma instituição de ensino – e é preciso pelo menos um professor atuante em sala de aula. Cada escola pode participar com mais de uma equipe, desde que seus integrantes e a proposta a ser inscrita sejam diferentes.

Inscreva-se aqui

Inovação e desenvolvimento integral

O objetivo da iniciativa é favorecer a consolidação de uma cultura de inovação nas escolas, envolvendo todos que nela atuam, de forma a contribuir para o desenvolvimento integral dos estudantes.

O Desafio Inova Escola está alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que são o apelo universal manifestado pela Organização das Nações Unidas (ONU) na forma de 17 objetivos voltados a erradicar a pobreza, proteger o planeta e assegurar a paz, a prosperidade e acesso à educação.

A trilha formativa é o ponto-chave do Desafio Inova Escola. Marcia Padilha, que participou da elaboração da trilha, explica que ela é on-line, gratuita e composta por cinco módulos que contêm atividades em ambiente virtual e nas escolas. Foi criada para ser uma mentoria on-line. “É por ela que as escolas passam por um processo de inovação, sem queimar etapas. O objetivo é fazer com que a escola possa identificar os principais problemas existentes ou quais aspectos se deseja modificar, melhorar”, comenta.

Padilha acrescenta que a trilha conduz os participantes a entenderem o contexto e as potencialidades dos profissionais de educação que atuam na unidade: “Faz com que os alunos se atenham e se aprofundem ao conhecimento do problema que precisa ser superado e norteia os educadores para a inovação, inclusive por meio de práticas”.

Ana Cecília Chaves Arruda, coordenadora do Desafio Inova Escola no CENPEC Educação, destaca que o envolvimento de todos e o conhecimento da realidade local são importantes para vencer obstáculos e alcançar os objetivos.

As equipes inscritas são desafiadas a construir planos concretos de inovação. “Espera-se que as ações propostas pelos planos sejam inspiração e desenvolvimento do aspecto inovador presente na escola, de tal forma que a inovação se torne parte da cultura daquela unidade escolar”, complementa Marcia.

Os melhores planos serão reconhecidos por meio de premiações regionais e nacionais, entre eles, intercâmbio, encontros formativos, assessoria técnica e apoio financeiro de até R$10 mil, em 2020. Inscreva-se e participe!