-

Jornada da Leitura: práticas exemplares

Prêmio Jornada da Leitura
Imprimir

Esta publicação reúne na íntegra os trabalhos finalistas da categoria “relato de prática” e um resumo dos três planos de livro e leitura municipais vencedores do Prêmio Jornada da Leitura, iniciativa do Projeto Ler: Prazer e Saber.

A Jornada busca valorizar experiências de incentivo à leitura na escola, contribuindo para a melhoria da qualidade da educação. Por meio da premiação, reconhece e divulga as melhores práticas desenvolvidas por educadores e secretarias municipais de educação.

Os 22 relatos de prática foram elaborados por professores do Ensino Fundamental de redes públicas municipais. O envolvimento das famílias das crianças e da comunidade com a leitura e o resgate da trajetória dos professores como leitores é destaque nos textos.

CENPEC; INSTITUTO CAMARGO CORRÊA. Jornada da Leitura: práticas exemplares. São Paulo, 2014.

Clique aqui para baixar o arquivo.

Sobre o Projeto Ler: Prazer e Saber

A qualidade da educação é construída por muitas mãos.

Iniciativa: Instituto Camargo Corrêa
Coordenação: CENPEC
Apoio: Instituto Alpargatas
Período: 2012 a 2014
Objetivo
Promover o contato prazeroso de crianças, jovens e adultos com a leitura, explorando diferentes gêneros textuais. Provocar o gosto e formar leitores, ampliando sua compreensão pessoal e de mundo. Dar subsídios aos municípios na discussão e elaboração políticas de incentivo à formação de leitores.

O projeto tem como fundamento a ideia de que os professores são fundamentais para fomentar o gosto pela leitura entre os estudantes. Para isso, não basta colocá-los em contato com materiais, mas incentivá-los a fazer descobertas e escolhas, dialogar com o texto e com outros leitores, em busca de construir sentidos e se aventurar por leituras cada vez mais complexas.

Esse é o papel dos mediadores de leitura, que podem ser familiares, amigos, vizinhos, bibliotecários, colegas de trabalho, e certamente é um dos principais objetivos de todos os professores, não apenas os do ciclo de alfabetização.

Além do papel dos professores e educadores, destaca-se o apoio dos gestores educacionais para o sucesso das práticas de leitura. Ressalta-se também a importância de políticas públicas envolvendo toda a sociedade no desafio de tornar o Brasil um país de leitores.

Cenário sociopolítico
O projeto despontou durante a implementação do PNLL – Plano Nacional do Livro e Leitura. Criado em 2006 como parceria entre Minc – Ministério da Cultura – e MEC – Ministério da Educação -, o PNLL tem como foco valorizar a leitura por meio de quatro eixos: democratização do acesso; fomento à leitura e à formação de mediadores; valorização institucional da leitura e incremento de seu valor simbólico; e desenvolvimento da economia do livro. 

O projeto Ler e Saber, assim como a Jornada da Leitura, respondem à necessidade de os municípios discutirem e elaborarem políticas alinhadas ao PNLL.