> “Tecnologia não vai resolver todos os problemas da educação” - Cenpec
















“Tecnologia não vai resolver todos os problemas da educação”

Tecnologia e educação foram discutidos durante evento para pais e mestres, promovido pela Rede Gazeta

GAZETA ON-LINE | 03/10/2018

Como a tecnologia pode ajudar na educação de crianças e jovens? Que língua fala a molecada digital? O tema foi debatido na manhã desta quarta-feira (03) durante o Encontro de Pais e Mestres, promovido pela Rede Gazeta, no auditório da empresa.

A discussão contou com a participação do jornalista e apresentador de TV Marcelo Tas, e de Adriana Vieira (foto), coordenadora da Área de Tecnologias do CENPEC – Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária.

Para Adriana Vieira, incluir a tecnologia nas escolas, especialmente as públicas, passa por quatro pilares: currículo, produção e curadoria de recursos digitais – há muita coisa na internet –, gestão de professores e infraestrutura. O último item é onde o Brasil ainda tem muito para avançar.

Professora de português, e atualmente coordenadora de tecnologia de uma organização voltada para projetos para escolas públicas e formação de professores, Adriana acredita que a tecnologia tem muito para contribuir, mas não é capaz de resolver, sozinha, os problemas da educação brasileira.

“A gente não acha que a tecnologia vai resolver todos os problemas da educação, que são muitos. Mas a gente acha que ela pode sim ajudar. Principalmente pode aproximar a escola a vida cotidiana desses jovens. Eles estão hiperconectados, chegam à escola com repertório muito amplo da cultura digital. O professor tem que ter objetivo, melhorar a noção de algum conhecimento, de alguma questão, proporcionar inovação nessa prática. Não adianta incluir (a tecnologia) para reproduzir velhas práticas pedagógicas”, defende.

+ Leia a íntegra da reportagem no site da Gazeta On-Line.

Compartilhar:

Deixe um comentário

You must be logged in to post a comment.

/* ]]> */