Prêmio Itaú-Unicef vai realizar pela primeira vez uma premiação em dois anos consecutivos

Prêmio Itaú-Unicef vai realizar pela primeira vez uma premiação em dois anos consecutivos

COM INFORMAÇÕES DA PLATAFORMA EDUCAÇÃO&PARTICIPAÇÃO

piu

Após 2017 ter mobilizado milhares de pessoas que atuam na educação integral e ter premiado com um aporte total de R$ 4 milhões as parcerias entre organizações da sociedade civil e escolas públicas, o Prêmio Itaú-Unicef lançará neste ano sua 13ª edição e premiará novos projetos voltados para garantir os direitos de crianças, adolescentes e jovens.

Há 23 anos promovendo a garantia dos direitos de crianças e adolescentes por meio da valorização de iniciativas de educação integral no país, o Prêmio vai realizar neste ano mais uma edição de premiação. O anúncio foi feito durante os eventos de premiação regional da 12ª edição, em outubro do ano passado.

Esta é a primeira vez que o Prêmio realiza um processo de premiação consecutivo. Para esta nova edição serão duas categorias de inscrição: a parceria entre organizações da sociedade civil e escola pública, como na edição anterior; e a organização da sociedade civil articulada no território.

Ainda neste semestre será lançada a 13ª edição do Prêmio e, ao longo do ano, vai mobilizar milhares de iniciativas que atuam pelo desenvolvimento integral de crianças, adolescentes e jovens de todo o país. 

Sobre o Prêmio

Criado em 1995, em um contexto de mudanças sociais na perspectiva da garantia de direitos, o Prêmio Itaú-Unicef é fruto da parceria entre a Fundação Itaú Social e  o Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância)  e tem sob coordenação técnica o CENPEC – Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária. Atuando há mais de duas décadas, o Prêmio se consolida como a parceria mais antiga que o Unicef possui com outras instituições no país.

Clique aqui para saber mais sobre o prêmio.

 

Compartilhar:

Deixe um comentário

You must be logged in to post a comment.

/* ]]> */