Qualidade e equidade no ensino fundamental público do Ceará

Qualidade e equidade no ensino fundamental público do Ceará

Este artigo procurou analisar a evolução e a dispersão do Ideb entre 2005 e 2011 nas duas etapas do ensino fundamental na rede pública do estado do Ceará, assim como essa evolução vem incidindo na equidade entre as escolas entre 2007 e 2011. A equidade foi analisada considerando a evolução do Ideb das escolas em relação ao nível socioeconômico médio de seu corpo discente e aos diferentes níveis de centralidade dos municípios, conforme tipologia criada pelo IBGE. A análise aponta que o Ideb médio das escolas, municípios e Credes (órgãos regionais da Secretaria de Educação do Estado do Ceará) aumentou sem concomitante aumento da dispersão em ambas as etapas do ensino fundamental. Nos anos iniciais, observa-se um ganho de equidade, verificado por uma redução da influência do nível socioeconômico na explicação do Ideb.

Qualidade e equidade no ensino fundamental público do Ceará | Frederica Padilha, Paula Kasmirski, Guilherme Zanelato Corrêa, Vanda Mendes Ribeiro, Antônio Augusto Gomes Batista

Publicado nos Cadernos Cenpec v. 3 n. 1  – 2013

Compartilhar:

/* ]]> */